A Suécia e o fim do dinheiro de papel: é a nova era da Cashless Society

Por Claudia Wallin

[show_fb_likes]

“Não aceitamos dinheiro”, diz o caixa da loja de acessórios de computador no centro da capital sueca, Estocolmo. Ele me olha com certo espanto, como se meu gesto de tirar dinheiro vivo da carteira já tivesse sido fossilizado em algum museu de cera como memória de um passado selvagem.
É o princípio da era da Cashless Society, a Sociedade Sem Dinheiro, e a Suécia lidera a tendência no planeta: quatro entre cada cinco transações de compra no país são feitas hoje eletronicamente, ou através de cartões.

“Voltar aos tempos do dinheiro de papel não é uma alternativa na Suécia. Fora de questão”, diz Bengt Nilervall, analista da Federação Sueca do Comércio (Svensk Handel).

Os sinais da morte anunciada do dinheiro estão por toda parte neste país, onde compra-se até chicletes com cartão. Turistas atônitos ouvem dos motoristas de ônibus de Estocolmo que a tarifa deve ser paga via SMS ou cartões pré-pagos, enquanto os demais passageiros sobem na condução empunhando seus celulares com a mensagem do pagamento feito. No Museu do ABBA, da icônica banda sueca, também não se recebe pagamento em dinheiro. Taxistas aceitam qualquer cartão.

Nas máquinas de bilhetes de estacionamento, que também aceitam cartão, foi colado um aviso para quem anda perdendo o bonde da história – “Você não precisa mais de mim”, diz a mensagem, seguida de instruções para baixar o aplicativo EasyPark e realizar os pagamentos via celular.

São, ironicamente, os criadores negando a criatura: as primeiras cédulas de papel da Europa foram introduzidas em 1661 pelo Stockholms Banco, o embrião do Banco Central da Suécia. Agora, os suecos tornam-se os primeiros a desprezar o dinheiro vivo.
“A Suécia está significativamente à frente do resto da Europa e também dos Estados Unidos, onde ainda se usa um grande volume de dinheiro de papel”, diz Nilervall, destacando os avanços dos vizinhos nórdicos, Noruega e Dinamarca, na mesma direção.

Cada vez mais bancos usam cada vez menos dinheiro, em uma sociedade que paga suas contas majoritariamente via internet, celular e cartão. Os principais bancos da Suécia vêm simplesmente parando de lidar com dinheiro em até 75% de suas agências, com a única exceção do Svenska Handelsbanken.

Ladrões de banco vão se tornando, assim, anacrônicos personagens da história. Os poucos assaltantes mal-informados protagonizam cenas de humor involuntário. Em uma manhã de 2013, um homem invadiu uma agência bancária em Östermalmstorg, no centro de Estocolmo, e ameaçou os funcionários com um objeto que parecia ser uma arma. Diante da clássica ordem “passe todo o dinheiro”, ouviu do caixa a realidade dos novos tempos: “este banco não trabalha com dinheiro”. Perplexo, o homem deixou o local de mãos vazias, e foi caçado em seguida pela polícia.

Em toda a Suécia, o número de roubos a agências bancárias vem atingindo o índice mais baixo dos últimos 30 anos, segundo a Associação dos Bancos sueca. Em 2014, de acordo com relatório publicado na página oficial na internet do Conselho Nacional Sueco para a Prevenção do Crime (Brottsförebyggande rådet – Brå), foram registrados no total 23 assaltos a banco no país.

Na previsão de Bengt Nilervall, dentro de cinco anos 95 por cento das transações financeiras da Suécia serão realizadas de forma eletrônica.

“E daqui a dez anos, o dinheiro de papel terá um uso mínimo”, vaticina o analista da Federação do Comércio.

Pergunto a Bengt quanto ele leva hoje em dinheiro na carteira.

“Zero coroas suecas”, ele responde. “Se você fizer a mesma pergunta aos meus colegas, vai ouvir a mesma resposta. Porque se você mora em Estocolmo, definitivamente não precisa de dinheiro de papel.”

Uma das poucas vezes em que que um sueco precisa tocar em dinheiro é quando dá um trocado para o filho ir comprar sorvete, emenda o especialista.

“Mas quando uma criança completa dez anos de idade aqui na Suécia, ela ganha uma conta bancária e um cartão”, acrescenta ele.

É verdade: assim vi o meu marido sueco fazer com nossas três crianças. Na idade do plástico, o que rege a Suécia são os cartões – a média é de 260 transações com cartão bancário por pessoa, a cada ano. E novas tecnologias e aplicativos de pagamento via celular vêm sendo desenvolvidos com rapidez colossal.

Entre as últimas novidades está o aplicativo Swish, que acabou criando um novo verbo na língua sueca: “swishar”, que significa transferir dinheiro via celular. Para “swishar” dinheiro para outro usuário, basta digitar no celular o número de telefone da pessoa ou empresa a quem deseja transferir uma quantia, seguido por um código de segurança. A transação se dá em tempo real: em questão de segundos, pisca no celular de quem recebeu o dinheiro a mensagem de que a quantia entrou em sua conta bancária.

O sistema Swish foi implementado nos seis maiores bancos da Suécia, como um método rápido e simples de transferência de dinheiro entre pessoas e empresas.
Nas ruas, feirantes e ambulantes também se adaptam à tendência cashless. Até mesmo os sem-teto que oferecem nas esquinas a revista cultural Situation, a equivalente sueca da britânica Big Issue, já estão equipados com leitores portáteis de cartões.

“Muitas pessoas diziam que não podiam comprar a revista porque não tinham dinheiro na carteira”, disse à Sveriges Radio (Rádio Suécia) a diretora da revista, Pia Stolt. “Tínhamos que fazer alguma coisa, e a solução foi procurar a empresa de pagamentos móveis iZettle a fim de poder vender a revista eletronicamente”.

O resultado é palpável:

“As vendas da Situation aumentaram em 59%”, diz Pia.

Nos grandes supermercados suecos, também já não é mais preciso passar pelo caixa tradicional. No meu mercado local, o Hemköp, os caixas de autoatendimento são tão populares que a direção retirou do local as atendentes que ajudavam os consumidores iniciantes a usar a nova técnica. Após posicionar a barra magnética de cada produto nas máquinas de leitura, paga-se a conta com qualquer tipo de cartão.

“É muito melhor não ter que enfrentar uma fila grande para comprar dois litros de leite”, diz o sueco Rickard Skröder.

A Suécia é uma sociedade reconhecidamente formada por early adaptors, com rápida adaptação a novas tecnologias em um dos países mais avançados do mundo em técnicas digitais.
“Os bancos e o comércio investiram maciçamente em sistemas de pagamentos eletrônicos na Suécia a partir da década de 90, e hoje em dia os consumidores estão acostumados a usá-los”, diz Niklas Arvidsson, professor de Dinâmica Industrial do Real Instituto de Tecnologia da Suécia (KTH).

Na Itália, por exemplo, 3/4 de todas as compras ainda são pagas em dinheiro.
“Isto é consequência do baixo índice de confiança nas autoridades e no sistema bancário”, observa o professor.

Arvidsson acredita que a Suécia pode se tornar uma sociedade totalmente sem dinheiro – mas não antes de 2030:

“As pessoas ainda têm uma relação familiar com a sensação de ter dinheiro vivo na mão, e uma pesquisa recente mostrou que dois terços dos entrevistados consideram a disponibilidade do dinheiro de papel como uma questão de direitos humanos”.

Para os bancos, as empresas de cartões e a indústria sueca, as vantagens de uma sociedade cashless são evidentes. Operar sem dinheiro traria mais segurança para funcionários e clientes, eles dizem. E também eliminaria os altos custos de gerenciamento e transporte de dinheiro, estimados recentemente em 8,7 bilhões de coroas suecas – o equivalente a 0.3% do PIB sueco.

Mas pouco tem sido debatido sobre os desafios que uma sociedade sem dinheiro pode trazer, segundo apontou o ex-comandante da polícia sueca Björn Eriksson em artigo publicado recentemente na imprensa sueca.

“Como ficam as pessoas desfavorecidas que vivem à margem do sistema bancário? O que acontece com a privacidade do indivíduo quando todas as suas transações financeiras podem ser rastreadas? E o que acontece quando as coisas não funcionam?”, pergunta-se Eriksson, também um ex-chefe da Interpol.

No verão passado, os organizadores do festival de música Bråvalla, que acontece todos os anos na cidade de Norrköping, anunciaram que o evento seria totalmente cashless. Mas o sistema de pagamentos não funcionou, lembra Eriksson. E o caos se instalou.

“O Estado precisa garantir o direito das pessoas de usarem o dinheiro de papel”, defende ele.

O debate engaja defensores e detratores da idéia nas redes sociais, com direito a doses de humor:

“Já vivo sem dinheiro há anos. Desde o dia em que me divorciei”, escreveu um internauta.

Mas o analista da Federação Sueca do Comércio não chega ao ponto de decretar a morte do dinheiro de papel.

“Se eu acredito que a Suécia não terá no futuro nenhum dinheiro em circulação? Bem, não. Mas com certeza o uso do dinheiro será drasticamente reduzido”, afirma Bengt Nilervall, que prefere destacar as vantagens de entrar na onda cashless:

“Não conheço as circunstâncias do Brasil, mas acredito que as novas tecnologias têm o potencial de beneficiar qualquer país. Na Suécia, a maioria dos políticos defende a expansão dos meios eletrônicos de pagamento, como forma de evitar a sonegação de impostos e combater o mercado negro”, ressalta ele.

Pelo menos a curto prazo, os dias de vida do dinheiro de papel na Suécia estão garantidos: em outubro deste ano, o país lança uma novíssima coleção de cédulas – que vai incluir a efígie da enigmática estrela sueca Greta Garbo na nota de cem, e uma inédita nota de 200 coroas suecas com a imagem do diretor Ingmar Bergman.

* Publicado originalmente na revista Panorama Abecs

244 thoughts on “A Suécia e o fim do dinheiro de papel: é a nova era da Cashless Society

    • Ataide Júnior says:

      Boa questão! Me veio outra, quanto custa para fazer dinheiro? Interessante… Será que haverá essa convergência no Futuro? Lembrei de um parlamentar no Brasil que estava apresentando uma proposta para acabar com o dinheiro, achei uma loucura! Rs

    • Alberto Bbandone says:

      Pois é, parece loucura e dá paranoia para quem pensa que existe sigilo pra quem ganha abaixo de 20 salários mínimos (estou sendo irônico e terrivelmente cruel ;-), mas hoje a casa da moeda já esta retirando dinheiro em papel e moeda de circulação alegando alto custo e corte de orçamento (meia verdade) e quanto aos cartões, chips ou celulares como meio de pagamento, já estamos na mão (ou no bolso) das instituições financeiras, pra não dizer banqueiros, que mesmo com um sistema de automação ineficiente que serve mais pra demitir bancários, acaba criando na prática um monopólio virtual (llembra da campanha: “Não tenho troco”?) para os donos do dinheiro. O seu, o nosso e o de todo mundo que não tem um banco pra chamar de seu.
      Porém, o pior são as taxas em porcentagem do valor das transações que fazem até aqueles que gritaram pelo fim do imposto do cheque, pagar alegremente o que seria até 100 vezes aquela alíquota para os agiotas de sempre, pois a CPMF não acabou, só foi privatizada.
      Seria muito melhor se fosse criado pelo Banco do Brasil e pela Caixa um cartão cuja taxa por operação fosse um valor fixo mínimo relativo ao custo do lançamento eletrônico e manutenção do sistema distribuído pelo ganho de escala, não precisa de decreto, lei, nem medida provisória ou determinação do banco central, só mesmo vontade política para tornar o mercado financeiro mais justo para todos.
      Como aconteceu em 2013 com os juros, os banqueiros privados vão ter que se render aos bancos públicos, que no fundo, são de todos nós, mesmo quem não é acionista do BB ou não tem conta na Caixa, basta ser brasileiro e morar aqui.
      Loucura é ter um ministro da fazenda fazendo o jogo do inimigo e ainda ficar defendendo sigilo de bilionário, a vida de quem vive cercado de seguranças é de alto risco, portanto não tem segurança nenhuma de que é vida.

    • Leonardo Lazarte says:

      Reflexão importante, com informações que normalmente a maioria desconhece, apesar de estar “na cara”. Os custos e o monopólio (de fato oligopolio) das transações eletrônicas constituem um imposto quase impossível de justificar. Mas, como as instituições financeiras não são questionadas pela imprensa, as pessoas reclamam dos impostos, sem avaliar que quase metade deles vai direto para os bancos (juros da dívida). O banco central assumir os custos do dinheiro eletrônico seria até mais barato que o atual custo do papel. Há uma experiência neste sentido no Canadá (não lembro detalhes).

    • Fernando Espinha says:

      David Senra até concordo com você. Acontece que na Suécia o dinheiro é bem empregado a favor da população, enquanto que no Brasil a sufocante carga tributária não dá retorno em termos de qualidade do serviço público.

    • Celso Kachvartanian says:

      Qdo uma carga tributaria e alta, mas o pais e honesto, vc paga muito de um lado e economiza de outro, como por exemplo com saude de qualidade gratuita, educacao, seguranca, infraestrutura e etc., vale a pena!!! O seu dinheiro foi bem investido!!

  1. Fernando Bittencourt says:

    Sim aqui mesmo os cartões de débito cobram taxas exorbitantes. E já que temos uma das mais altas taxas de inadimplentes e de pessoas em que os bancos sequer abrem contas por causa do Spc? Como esta massa de pessoas ficariam?????? Seus cartões de conta salário são apenas de saque, e os favelados que só utilizam dinheiro???? Acorda aqui isso no minimo da maneira como se governa levaria mais de 20 anos e olha estou sendo otimista.

  2. Cristina Graça says:

    Tenho lj e 90% das clientes pagam no cartão débito ou crédito. Aqui mesmo no Brasil, são raras as pessoas que andam com dinheiro. Até estacionamento de shopping não precisa do dinheiro vivo.

  3. Sandra Ferraz says:

    Eu particularmente utilizo muito o cartão de débito e credito, mas concordo com os comentários acima sobre os valores de tarifas e impostos exagerados….Muitos brasileiros ainda não sabem utilizá-los e não a toa tem muita gente se endividando com seus cartões de crédito ao gosto das administradoras de cartões que vivem te importunando e oferecendo seus serviços ….Em suma, cartões são uma boa, mas tem que saber usá-los…rs

  4. Sandokan Dias says:

    Evolução mesmo é qdo todos tiverem acesso aos produtos e serviços sem precisar do dinheiro. A base da ciência é o intelecto + os recursos disponíveis no ambiente. O dinheiro só atrasa a evolução.

    • Ricardo B. Motta says:

      Fala, meu querido Andre Gellers! Cara, esse é o inegável destino da humanidade, tornar-se digital – e a gente vem trilhando esse percurso há algum tempo. O dinheiro é “só” mais um elemento, mas pode incluir tudo aí, trabalho, compras, viagens virtuais, relacionamento, etc. Uma parte da população fará voz a uma resistência, mas o mundo material ficará cada vez mais “pobre” e menos “usável”. Os motivos serão sempre a questão de redução de custo, o desenvolvimento, etc. As mentes serão cada vez mais robotizadas e automáticas, com a crença de que estão evoluindo. O tempo será cada vez mais escasso, mesmo que a vida humana aumente a percepção de rapidez vai consumir esse tempo extra de vida. Mas não há o que temer, no final das contas a realidade é somente isso: informação. 😉

  5. Aldo Cabral says:

    Seria interessante analisar os dois sistemas: o de lá e o de cá, para saber onde estamos errando. Aqui, os velhos comerciantes, especialmente os baristas da zona norte, resistem a tal feito. Alegam, dentre outras coisas, que os custos são elevados. Será ?

  6. Lidi says:

    Alberto e Ataide, não sei se entendi direito ou se viajei mas vocês dizem o custo por transação na Suécia? Se for isso a resposta é 0.
    Tomando por exemplo um cidadão que só tenha conta em banco e um cartão simples pra utilizar para saques e pagamentos a única tarifa é aproximadamente 30 euros por ano.

    Fora isso paga-se uma taxa se o cartão for utilizado para saque no exterior. O valor varia, mas eu diria, em torno de 4 EUR.
    Dependendo do banco essa tarifa só é cobrada se o país em questão estiver fora da UE.

  7. Lilian Lie says:

    Além de cartões de crédito, aqui no Brasil já aceitam outros meios de pagamento (ex: PagSeguro e tenho usado sem problemas PayPal para pagar corridas de taxi).. Esses aplicativos são mais seguros que cartões de débito/ crédito porque eles não existem fisicamente em forma de cartões.. São contas mantidas nas administradoras do aplicativo. No caso de roubo ou assalto relâmpago, não há caixa eletrônico para sacar o dinheiro.

  8. Eduardo Mack says:

    Quem não gosta disso são os vizinhos finlandeses. Eles estão vendo a indústria do papel desaparecer bem no nariz deles. Primeiro foram os jornais e revistas. Agora, o dinheiro….

  9. Jackson Ho says:

    Muitas ilegalidades e crimes serão impraticaveis. O controle financeiro será absoluto. Abrir mão da privacidade e ter uma sociedade bem menos violenta. Fim da corrupção, tráfico, sonegação, sequestro, assalto. Tudo rastreavel.

  10. Reginaldo Oliveira Costa says:

    Aqui no Brasil é meio complicado, não sei se surtiria algum benefício para alguém ! Aqui existe uma onda de desonestidade Geral, não é só Politico, como acostumam taxar! é no Cidadão comum , é no Comerciante , é na Polícia, é no Juiz, é no Próprio Ladrão que está no Presídio mas comanda delitos aqui fora com aval do ADVOGADO, do Carcereiro do Familiar dele e etc. A qui já se paga também compras a vista com cartão, mas pasmem, se paga taxa também a operadora do Cartão e ao Banco mesmo na compra a vista, Se pensar em compra parcelada meu Deus, está arriscando perder até a cueca/calcinha ! Se a ausência de dinheiro na hora da compra for também para evitar assalto, ledo engano ! fica bem melhor com cartão por que o bandido vai tomar o cartão e raspar tudo que o cidadão tiver na conta, e não só o do bolso, e isto com o aval do Segurança do banco, do próprio funcionário e também de alguns Policiais, que em muitos casos já entra na Polícia para facilitar o acesso a armas, munição drogas, e por ai se segue !!

  11. Jaci Coutinho says:

    A Era dos Bancos.
    Imagino que Hobsbawm escreveria mais um livro sobre “as eras” … “Todo documento de cultura é um documento de barbárie”, Walter Bejamin.
    Isso só significa q o capital financeiro é cada vez mais hegemônico. Uma sociedade em que vc nâo pode fazer escolhas é totalitária.

  12. Diego Guarezi Brocca says:

    Gostaria de ver isso no Brasil. Nao teriam assaltos no comercio. Além do que, isso possa ser, também, uma arma contra o crime. Já que tirando dinheiro da circulação, não haveria porquê ser assaltado. O custo da operação deveria ser financiado pelo governo.

  13. Cesar Gaston says:

    Segundo o consultor sueco Per Bylund, Ph.D em economia, a “Suécia vem apresentando reduções consistentes da intromissão estatal em sua economia ao mesmo tempo em que vem (1) aumentando as restrições às políticas assistencialistas, (2) desregulamentando os mercados e (3) privatizando antigos monopólios governamentais. O país instituiu uma nova estrutura geral de incentivos na sociedade, tornando o ambiente econômico mais propício ao trabalho e ao empreendedorismo. A dívida do governo, que era de quase 75% do PIB em 1995, despencou para apenas 38% do PIB em 2012.”

  14. Fátima Mota says:

    Que ideia maravilhosa, mas do geito que aqui as pessoas gostam de se apropriar do que nao lhe pertence, e muito perigoso.Preciso pagar o transporte atraves de um sms cade o celular?

  15. M Moraes Junior says:

    Ha se essa prática pudesse ser obrigatória aqui no Brasil, os apropriados de dinheiro sujo iriam entrar em desespero. Sabe- se que o dinheiro da corrupção é anônimo e passa de mão em mão na clandestinidade. Com essa medida os corruptos da propina, os doleiros, os mensageiros que transportam as propinas, os sonegadores, os usuários de caixa 2, todos seriam forçados a lavar o dinheiro para poder movimenta-lo na economia. E os dependentes das bolsas assistencialistas do governo? Esses teriam um cartão magnético com aceitação ampla no mercado de consumo. Essa idéia não interessa ao governo petista. A presidente vetaria com certeza.

  16. Gilson Soares Peixoto Filho says:

    Não vejo isso como evolução. A verdadeira evolução da sociedade seria todos viverem para o bem comum erradicando o uso do dinheiro sob qualquer forma, apenas atendendo as necessidades de todos por todos. O bem comum é o bem mais valioso que se pode ter… Quem sabe um dia chegamos lá, quando o servir será nossa maior recompensa?

  17. Job Diogenes Ribeiro Borges says:

    Alguns questionaram acima a questão de segurança, o fim do dinheiro em papel, aumentaria e em muito a segurança. Porque, os crimes digitais sempre envolvem em alguma ponta pegar o dinheiro em papel, pra sair do sistema. Estando tudo digital, tudo estaria sempre rastreado. É claro, sempre haveria formas alternativas, como compras, mas como sempre isso envolve registros. O crime passaria a usar moedas externas e ouro. Mas seria mais fácil combater. O crime de rua, fraudes, sonegação, iriam reduzir drasticamente. No Brasil, a sonegação esta na casa de 500BILHÕES AO ANO, e é a sonegação a principal fontes de corrupção política e em muitas instâncias de poder, como Judiciário, TCs, SF, etc.

  18. Pedro dos Santos says:

    Ótimo Conteúdo. Parabéns!

    COMECE AINDA HOJE A CONSTRUIR UMA NOVA REALIDADE PRA VOCÊ, SEM crise E SEM DESEMPREGO, Utilizando apenas 02 COISAS SIMPLES: tempo e o seu Facebook. Para saber mais Clique no Meu NOME!

  19. gamefly free trial says:

    Hey there! Someone in my Myspace group shared this website with
    us so I came to look it over. I’m definitely enjoying the information. I’m bookmarking and will be tweeting this to my followers!
    Outstanding blog and terrific design and style.

  20. gamefly free trial says:

    I believe this is among the so much important information for me.
    And i am happy reading your article. But want to observation on few normal things,
    The website style is perfect, the articles is in point of
    fact great : D. Good process, cheers

  21. gamefly free trial says:

    May I simply say what a comfort to discover somebody who really understands what they’re discussing on the web.
    You definitely realize how to bring a problem to light
    and make it important. More and more people must check this
    out and understand this side of the story. It’s surprising you aren’t more popular given that you surely possess the gift.

  22. gamefly free trial says:

    Appreciating the persistence you put into your
    site and in depth information you present. It’s good to come
    across a blog every once in a while that isn’t the same outdated rehashed material.
    Fantastic read! I’ve saved your site and I’m adding your RSS feeds to my Google account.

  23. gamefly free trial says:

    Hey there I am so delighted I found your site, I really found
    you by error, while I was searching on Google for something else,
    Anyways I am here now and would just like to say thank you for a marvelous post and a all round thrilling blog (I also love the theme/design), I don’t have time to browse it all at the moment but I
    have saved it and also added your RSS feeds, so when I have time I will be back to read a great deal more,
    Please do keep up the excellent job.

  24. gamefly free trial says:

    Wow that was odd. I just wrote an incredibly long comment but after I
    clicked submit my comment didn’t appear. Grrrr… well I’m not writing all that over
    again. Anyway, just wanted to say fantastic blog!

  25. gamefly free trial says:

    I loved as much as you will receive carried out right here.
    The sketch is tasteful, your authored material stylish. nonetheless, you command get
    bought an nervousness over that you wish be delivering the following.
    unwell unquestionably come more formerly again since exactly the same nearly very often inside
    case you shield this hike.

  26. Pingback: Google

  27. natalielise says:

    You are so interesting! I do not believe I have read a single thing like that
    before. So great to discover another person with unique thoughts on this issue.
    Really.. thanks for starting this up. This web site is something that
    is required on the internet, someone with some originality!
    natalielise plenty of fish

  28. plenty of fish dating site says:

    It’s a shame you don’t have a donate button! I’d without
    a doubt donate to this superb blog! I suppose for now
    i’ll settle for bookmarking and adding your RSS feed
    to my Google account. I look forward to new updates and will
    talk about this site with my Facebook group. Talk soon!

  29. quest bars cheap says:

    Pretty nice post. I simply stumbled upon your weblog and
    wanted to mention that I’ve truly loved surfing around your weblog posts.
    After all I will be subscribing on your rss feed and I’m hoping you write
    once more very soon!

  30. minecraft games says:

    I’m truly enjoying the design and layout of your website.
    It’s a very easy on the eyes which makes it much more enjoyable for me to come here and visit more often. Did
    you hire out a designer to create your theme?
    Outstanding work!

  31. coconut oil says:

    Hi there this is kinda of off topic but I was wanting to know if blogs use WYSIWYG
    editors or if you have to manually code with HTML. I’m starting a blog soon but have no coding experience so I wanted to get guidance from someone with experience.
    Any help would be greatly appreciated!

  32. plenty of fish dating site says:

    Yesterday, while I was at work, my cousin stole my apple ipad and tested to see if it can survive a thirty foot drop, just so she
    can be a youtube sensation. My apple ipad is
    now broken and she has 83 views. I know this is entirely off topic but I had
    to share it with someone!

  33. on coconut oil says:

    I’ve been surfing on-line more than three hours today,
    but I never discovered any interesting article like yours.
    It’s beautiful value enough for me. In my view, if all web
    owners and bloggers made good content material as you probably did, the web might be much more helpful than ever
    before.

  34. plenty of fish dating site says:

    Hi! This is kind of off topic but I need some help from an established blog.
    Is it very hard to set up your own blog? I’m not very
    techincal but I can figure things out pretty fast. I’m thinking about creating my own but
    I’m not sure where to begin. Do you have any points or suggestions?
    Thanks

  35. plenty of fish dating site says:

    Just wish to say your article is as astonishing.
    The clarity in your submit is just great and i could think you’re knowledgeable on this subject.

    Well together with your permission allow me to snatch your
    feed to stay up to date with drawing close post.
    Thanks 1,000,000 and please continue the enjoyable work.

  36. tinyurl.com says:

    Hi, I do believe this is an excellent site. I stumbledupon it 😉 I’m going
    to revisit yet again since I bookmarked it. Money and freedom is the best
    way to change, may you be rich and continue
    to help others.

  37. http://tinyurl.com/quest-bars-cheap-77971 says:

    Hi there! I understand this is somewhat off-topic but I needed to ask.
    Does operating a well-established blog like yours require a massive
    amount work? I am completely new to writing a blog but I do write in my journal
    every day. I’d like to start a blog so I will be able to share my own experience and views online.
    Please let me know if you have any recommendations or tips
    for brand new aspiring blog owners. Appreciate it!

  38. quest bars cheap coupon twitter says:

    Does your website have a contact page? I’m having
    problems locating it but, I’d like to shoot you an e-mail.
    I’ve got some recommendations for your blog you might be interested in hearing.
    Either way, great website and I look forward to seeing it grow over time.

  39. coconut oil says:

    Fascinating blog! Is your theme custom made or
    did you download it from somewhere? A design like yours with a
    few simple tweeks would really make my blog jump out.
    Please let me know where you got your design. With thanks

  40. match.com free trial says:

    May I simply say what a relief to uncover somebody that truly knows
    what they are talking about over the internet. You definitely understand how to bring
    an issue to light and make it important. More and more people
    really need to read this and understand this side of the story.
    I was surprised you are not more popular given that you certainly have the gift.

  41. Todd Snively says:

    There are definitely a whole lot of particulars like that to take into consideration. That is a nice level to bring up. I offer the ideas above as common inspiration but clearly there are questions just like the one you convey up where an important factor will be working in sincere good faith. I don?t know if finest practices have emerged around issues like that, but I’m positive that your job is clearly recognized as a good game. Both boys and girls feel the influence of just a moment’s pleasure, for the remainder of their lives.

  42. sling tv says:

    This design is steller! You obviously know how to keep a reader amused.
    Between your wit and your videos, I was almost moved to start my own blog (well,
    almost…HaHa!) Fantastic job. I really loved what you
    had to say, and more than that, how you presented it.
    Too cool!

  43. sling tv says:

    I will immediately seize your rss as I can’t in finding your email subscription hyperlink
    or newsletter service. Do you have any? Please let me
    understand so that I could subscribe. Thanks.

  44. sling tv best package 2020 says:

    Hello there, just became alert to your blog through Google, and
    found that it’s really informative. I’m going to watch out for brussels.
    I will appreciate if you continue this in future. Numerous people will be benefited from your writing.
    Cheers!

  45. vs sertanejo multitrack says:

    I’m really enjoying the theme/design of your web site. Do you ever run into any internet browser compatibility problems? A handful of my blog readers have complained about my website not operating correctly in Explorer but looks great in Firefox. Do you have any ideas to help fix this issue?

  46. Giro de Goiás says:

    Thank you for the sensible critique. Me and my neighbor were just preparing to do some research on this. We got a grab a book from our area library but I think I learned more from this post. I’m very glad to see such fantastic information being shared freely out there.

  47. Online Kaufen says:

    Attractive section of content. I just stumbled upon your web site and in accession capital to assert that I get in fact enjoyed account your blog posts. Anyway I’ll be subscribing to your feeds and even I achievement you access consistently quickly.

  48. steroide bestellen says:

    Wonderful beat ! I wish to apprentice whilst you amend your site, how can i subscribe for a weblog site? The account aided me a appropriate deal. I had been a little bit acquainted of this your broadcast provided bright clear concept

  49. Buy Reductil Online says:

    Excellent beat ! I would like to apprentice while you amend your website, how can i subscribe for a blog website? The account helped me a acceptable deal. I had been tiny bit acquainted of this your broadcast provided bright clear idea

  50. fettverbrenner online kaufen says:

    Hello! I know this is kind of off topic but I was wondering which blog platform are you using for this website? I’m getting sick and tired of WordPress because I’ve had issues with hackers and I’m looking at options for another platform. I would be fantastic if you could point me in the direction of a good platform.

  51. gorilla glue #4 says:

    I have recently started a web site, the info you offer on this web site has helped me tremendously. Thank you for all of your time & work. “The more sand that has escaped from the hourglass of our life, the clearer we should see through it.” by Jean Paul.

  52. Supera says:

    There are definitely loads of details like that to take into consideration. That is a nice point to carry up. I offer the thoughts above as general inspiration however clearly there are questions just like the one you convey up the place an important thing will likely be working in honest good faith. I don?t know if greatest practices have emerged round things like that, but I’m sure that your job is clearly recognized as a good game. Both girls and boys really feel the influence of just a second’s pleasure, for the remainder of their lives.

  53. Pingback: Google

  54. Geofonia says:

    me encantei com este site. Para saber mais detalhes acesse o site e descubra mais. Todas as informações contidas são informações relevantes e únicos. Tudo que você precisa saber está ta lá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *