O mito do déficit da Previdência no Brasil – e por que não se fala em rombo na Dinamarca

RADAR BRASIL

Se a Dinamarca apresentasse à sua população o mesmo método de cálculo que o Brasil apresenta aos seus cidadãos, os dinamarqueses estariam convencidos de que enfrentam um rombo amazônico no seu sistema de Previdência. E por que não estão?

Quem explica é o professor do Instituto de Economia da Unicamp Eduardo Fagnani – que afirma, assim como a economista da UFRJ Denise Gentil demonstrou em suas pesquisas, que o rombo da Previdência é um mito.

A explicação é simples: a Constituição de 1988 estabeleceu – seguindo a experiência internacional de outros países – o mecanismo clássico de financiamento tripartite (trabalhador, empresa e governo) da Seguridade Social. É como a Dinamarca, por exemplo (onde a contribuição do governo na conta, diga-se de passagem, é mais elevada) , contabiliza as suas fontes de financiamento da Seguridade.

“Na Dinamarca, por exemplo, mais de 50% dos recursos da seguridade social vêm do Estado; o restante, de trabalhadores e empresas. Em relação ao PIB, o trabalhador lá contribui com o equivalente a 2% do PIB e a empresa, com 3%, enquanto o Estado entra com 28% do PIB. Se na Dinamarca houvesse as mentiras, os mitos difundidos aqui, o rombo da Previdência daquele país seria de 28%! Por que não existe rombo? Porque contabilizam o orçamento da forma clássica, tripartite.”

Já as contas apresentadas pelo Brasil aos cidadãos para justificar o rombo da Previdência consideram, apenas, a receita representada pelas contribuições previdenciárias (contribuições ao INSS de trabalhadores e empregadores). Ou seja, desconsideram outras fontes de receita para a Seguridade Social estabelecidas pela Constituição de 88.

“De acordo com nossa Carta, a Seguridade Social deve ser financiada pelo Orçamento da Seguridade Social (artigos 194 e 195), um conjunto de fontes próprias e exclusivas: as contribuições sociais pagas pelas empresas sobre a folha de salários, o faturamento e lucro; e as contribuições pagas pelos trabalhadores sobre seus rendimentos do trabalho. Além disso, há a contribuição do governo, por meio de impostos gerais pagos por toda a sociedade. Entre esses impostos, destacam-se as contribuições sobre o faturamento (Cofins) e sobre o lucro liquido (CSLL), criadas também em 1988 para que o Estado integralizasse sua parte”, diz Fagnani.

Em outras palavras: quando se computa apenas um pilar das receitas determinadas pela Constituição para financiar a Previdência (as contribuições previdenciárias), a conta do pagamento das aposentadorias não fecha. Assim apresenta-se o “rombo”, e a necessidade da reforma da Previdência.

Como já explicou a pesquisadora da UFRJ Denise Gentil:

Para se ter uma ideia da diferença que esse ‘detalhe’ faz, contadas apenas as contribuições previdenciárias, a receita bruta da previdência em 2014 foi de R$ 349 bilhões para pagar um total de R$ 394 bilhões de benefícios. Essa conta, que Denise caracteriza como “simplista”, mostra um déficit de R$ 45 bilhões — ainda assim muito menor do que o anunciado pelo governo. Quando, no entanto, se considera a receita total, incluindo os mais de R$ 310 bilhões arrecadados da CSLL, Cofins e PIS-Pasep, esse orçamento pula para R$ 686 bilhões.

“Talvez você esteja supondo que o dinheiro que sobrou no orçamento da seguridade social mas faltou no da previdência tenha sido usado nas outras duas áreas a que, constitucionalmente, ele se destina: saúde e assistência. Mas essa é uma meia verdade. A soma dos gastos federais com saúde, assistência e previdência totalizou, em 2014, R$ 632 bilhões. Como o orçamento da seguridade foi de R$ 686 bi, no final de todas as receitas e todas as despesas, ainda sobram R$ 54 bilhões. E como esse saldo se transforma em déficit? Com uma operação simples: antes de destinar o dinheiro para essas áreas, o governo desvia desse orçamento 20% do total arrecadado com as contribuições sociais, o que, em 2014, significou um ralo de R$ 60 bilhões”, aponta Denise Gentil.

8 de Dezembro de 2016

 

Do site da Fiocruz:

O mito do déficit da Previdência

O deficit da Previdência é um mito. Da Assembleia Nacional Constituinte, nos anos 1980, aos dias atuais, setores detentores de riqueza do país desenvolvem ativa campanha difamatória e ideológica orientada para demonizar a Seguridade Social e, especialmente, o seu segmento da Previdência Social (a Seguridade Social compreende, ainda, a Saúde e a Assistência Social). Há um esforço dessas elites em comprovar a inviabilidade financeira da Previdência, cujo gasto equivale a 8% do PIB, para justificar nova etapa de retrocesso em direitos garantidos pela Constituição de 1988.

De acordo com nossa Carta, a Seguridade Social deve ser financiada pelo Orçamento da Seguridade Social (artigos 194 e 195), um conjunto de fontes próprias e exclusivas: as contribuições sociais pagas pelas empresas sobre a folha de salários, o faturamento e lucro; e as contribuições pagas pelos trabalhadores sobre seus rendimentos do trabalho. Além disso, há a contribuição do governo, por meio de impostos gerais pagos por toda a sociedade. Entre esses impostos, destacam-se as contribuições sobre o faturamento (Cofins) e sobre o lucro liquido (CSLL), criadas também em 1988 para que o Estado integralizasse sua parte.

Mas a Constituição não inventou a roda. Essas definições seguem a experiência internacional. Com o Orçamento da Seguridade Social, os constituintes estabeleceram o mecanismo de financiamento tripartite clássico (trabalhador, empresa e governo) dos regimes do Welfare State. Estudos realizados pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), de 2006, demonstraram que, para um conjunto de quinze países da OCDE, em média, os gastos com a Seguridade Social representam 27,3% do PIB e são financiados por 38% da contribuição dos empregadores; 22% da contribuição dos empregados; e 36% da contribuição do governo. Dinamarca, Irlanda, Luxemburgo, Reino Unido e Suécia têm a participação do governo relativamente mais elevada.

Na Dinamarca, por exemplo, mais de 50% dos recursos da seguridade social vêm do Estado; o restante, de trabalhadores e empresas. Em relação ao PIB, o trabalhador lá contribui com o equivalente a 2% do PIB e a empresa, com 3%, enquanto o Estado entra com 28% do PIB. Se na Dinamarca houvesse as mentiras, os mitos difundidos aqui, o rombo da Previdência daquele país seria de 28%! Por que não existe rombo? Porque contabilizam o orçamento da forma clássica, tripartite.

O que aqui se insiste em chamar de déficit refere-se simplesmente ao fato de, desde 1989, tanto o Ministério da Previdência e Assistência Social (MPAS) quanto a área econômica não contabilizarem a contribuição do Estado. Adota-se o critério contábil segundo o qual a sustentação financeira da Previdência depende exclusivamente das receitas próprias do setor (empregados e empregadores). A parcela que cabe ao governo no sistema tripartite não é considerada, embora exista. O déficit nada mais é do que a parte do Estado que não se contabiliza.

Em 2012, de um total de R$ 317 bilhões utilizados para pagar benefícios previdenciários, as contribuições exclusivamente previdenciárias (empresas e trabalhadores) somaram R$ 279 bilhões (88% do total). A parcela estatal, de apenas 12%, portanto, corresponde a um montante muito inferior à terça parte (33%) que lhe caberia numa conta tripartite. Essa prática contábil cria e alardeia um falso déficit, para justificar mais reformas, com corte de direitos.

Se organizado da forma como ordena a Constituição, o Orçamento da Seguridade Social é superavitário, como mostram diversos estudos. Em 2012, por exemplo, apresentou saldo positivo de R$ 78,1 bilhões – as receitas totalizaram R$ 590,6 bilhões e as despesas atingiram R$ 512,4 bilhões (ANFIP, 2013).

A Seguridade Social é o mais importante mecanismo de proteção social do país e também um poderoso instrumento do desenvolvimento: contempla transferências monetárias para a Previdência Social (rural e urbana) e oferta de serviços universais pelo Sistema Único de Saúde (SUS), Sistema Único de Assistência Social (Suas) e Sistema Único de Segurança Alimentar e Nutricional (Susan), bem como pelo Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

À luz da Constituição, não há como se falar em déficit na Previdência Social. Na verdade, sobram recursos, que são utilizados em finalidades não previstas na lei. Todas as mudanças previdenciárias levadas à frente pelos países são para aperfeiçoar o sistema, não para destruí-lo, como aqui, de forma a capturar recursos para outras finalidades. Assim, como ocorria na ditadura, a Seguridade Social continua a financiar a política econômica.

* Professor do Instituto de Economia da Unicamp, pesquisador do Centro de Estudos Sindicais e do Trabalho (Cesit/IE-Unicamp) e coordenador da rede Plataforma Política Social.

718 thoughts on “O mito do déficit da Previdência no Brasil – e por que não se fala em rombo na Dinamarca

  1. André Cavalcanti says:

    O Governo fala apenas do Déficit na Previdência, insistindo no colapso do Sistema Previdenciário já a partir de 2024, pelo menos foi o que entendi através dos jornais, mas não apresenta ao Cidadão uma Prestação de Contas, deixando aquela sensação de desconhecimento de causa e, consequentemente, desconfiança, já que motivos há de sobra, uma vez que a corrupção e a ineficiência está como um câncer no Setor Público de uma forma geral, sendo assim, não há como entender e aceitar mais esse sacrifício, que, mais uma vez, está sendo proposto e exigido da sociedade, já que é sabido que há várias categorias com direito a Aposentadorias Especiais, algumas dessas chegando ao absurdo diante das vantagens que recebem do Estado!!! Dessa forma, nesse país de castas públicas, aonde a Carga Tributária é extremamente extorsiva, chegando a tirar do Cidadão a própria subsistência, a exemplo dos impostos indiretos junto aos produtos consumidos pela população de baixa renda, sem, no entanto, oferecer uma contrapartida digna por meio de Políticas Públicas, dessa forma, como aceitar uma reforma desta ordem, que somente exige sacrifícios a um custo social que provocará o empobrecimento do aposentado, chegando ao nível de comprometer a subsistência daqueles que, com essas novas regras, conseguirem a aposentadoria, já que muitos podem sequer atingir essas exigências, ficando, em plena 3° Idade, a mercê deste mercado de trabalho injusto, que, a cada dia, parece não dar conta das pessoas que demandam por empregos!?

    Além do mais, uma reforma desse tipo não atinge o Cidadão apenas no momento da Aposentadoria, atingirá a todos aqueles que estão no mercado de trabalho, já que a oferta de mão-de-obra disponível ficará inflada por aqueles que deveriam já estar aposentados com as atuais regras e também, por necessidade, por aqueles já aposentados, mas que ainda se encontrem no mercado de trabalho de alguma forma, fazendo com que os salários médios sejam reduzidos, uma vez que tudo é função da oferta x procura!!!

  2. Wlamir Ferreira says:

    Todos nós sabemos que não é nada disso, ná real o bicho papão dessa mascarada crise da previdência, são os rombos milionários desda Jorgina até os dias atuais da copa no Brasil, olimpíadas e corrupção dos politicos que quebraram o país, simples assim, é fato e contra os fatos não tem argumentos, aliás tem, estão empurrando guela abaixo do povo brasileiro.

  3. Wilma Adam says:

    O que ninguém relata é sobre a renda dos ativos e inativos. Que hoje os cargos de nivel médio e alto estão bem acima do topo da previdência de $ 5.190,00. E no qual muitos acumulam mais de 1 rendimento.

  4. Wilma Adam says:

    Vejam o volume de servidores no judiciário- executivo e legislativo + militares. E depois calcul o chsto de salário/ rendimento dos ativos + inativos. E entenderão porque a condição de apoaentadoria dos que entraram abtes de 2009 cobtinuara a mesma.. uma indecência..

    • Oswaldo Fernandes says:

      Não há como fazer esse tipo de comparação.
      Servidores que ingressaram antes de 2009 contribuem com 11% sobre a integralidade dos vencimentos e não sobre o teto da Previdência do Setor Privado.
      Exemplo: se o Magistrado ganha, digamos, 25 mil reais brutos, ele contribui com 2750 reais para a Previdência, e não com 560 reais.

    • Oswaldo Fernandes says:

      Se a União devolver todas as Contribuições dos Servidores que ingressaram antes de 2009, limitando a retenção ao teto do INSS, e corrigindo os valores a serem devolvidos pela média dos juros pagos pelos títulos da Dívida Pública no período das contribuições, garanto que os servidores não farão a menor questão de se aposentar com valores acima do teto da Previdência. Dá para fazer um aporte magnífico em Previdência Privada e se aposentar com vencimentos superiores ao que seriam pagos pelo chamado regime da integralidade, havendo ainda a garantia de atualização monetária dos benefícios, o que não ocorreria no caso da paridade, que depende de reajuste dos ativos. E olha que nem estou considerando o compromisso do Governo com a parte dele na aposentadoria dos servidores, uma vez que ele não entra com a porcentagem que deveria por responsabilidade legal. Existe muita mistificação nesse campo de Previdência e não deveríamos desinformar as pessoas ainda mais.

  5. Tania Maria says:

    o estudo dela compreende o período entre 1995-2005! muita água já rolou! estamos em 2016, e Dilma se encarregou de quebrar o Brasil; além do mais, a CPMF que faz parte dos cálculos dela, não existe mais!! alguém se preocupou em ler. tese??? Isso é algo requentado por blogs petistas! nossa realidade já é outra! vocês não deviam repassar

  6. Eliane Policastro Pessoa says:

    O artigo não fala da destruição da nossa economia, o que com certeza deixa este tripé de fontes de financiamento da previdência capenga.
    ,
    No final do artigo o autor compara com a época da ditadura e fala que 20% desta verba é desviada para outros fins… Quais estes fins!?! Desde que governos!?!
    Vcs acham que o Temer, que por sinal veio para nós no “pacote” Dila-Lula, não iria querer dar uma de “bonzinho” e não ferrar tanto a sociedade!?!… Vcs acham que se não fosse realmente necessárias estas medidas duras o cara, já com a popularidade baixa e com tantos embates, confusões, manifestações iria ser tão idiota!?!…francamente… Mas mesmo assim vou pedir esclarecimentos para jornalistas de programa que assisto

  7. Sonia Carneiro Monteiro says:

    Um povo civilizado de fato, não aceita este tipo de provocação, quebram e arrebentam. Não permitem que curtam com a sua cara, aqui o pobre coitado se alia a esse tipo de gente, vendem-se por nada, por um par de chinelos, no interiorzão nem se fala. Agora com a terceirização, era isso que pretendiam e conseguiram, a maioria entrará pela o basculante do banheiro, no voto famigerado de cabresto, de novo, outra vez, novamente! Não há remédio, somente indo para a Suécia ou Dinamarca! Por faalr nisso, reduziram enormemente Ciências Sem Fronteira, plano do governo Dilma para os mais aptos e necessitados.

  8. Paulo Capra says:

    Primeiro por que a maioria não tem condições de avaliar a situação atual da previdência e a solução que o projeto representa.
    Depois, o governo pretende fazer esta mudança, num período normalmente estressante para a população, onde o ritmo de atividades é intenso e pretende fazer isto em 10 dias.
    A má fé transpira em tudo que este e outros governos planejam aprovar.

  9. Gina Marisa says:

    Nunca acordou as cinco da manhã, nunca levou marmita na bolsa, depois viu que o feijão azedou, e teve de comer qualquer coisa para trabalhar até o final do expediente! Nunca pegou um busão lotado! Nem trem lotado! É fácil para eles quererem aposentadoria aos 65 anos, mas para os outros que fazem tudo desta lista aí de cima quando eles próprios, tem tudo à disposição, carros, motoristas, saúde, educação, segurança, foro privilegiado, podendo até cometer alguns crimes sem que seja punido, privilégios de ‘a’ a ‘z’ e aposentadoria com oito anos de trabalho, e TUDO PAGO COM O NOSSO DINHEIRO!

    EU NÃO PRECISO DESSES REPRESENTANTES!
    EU NÃO ACEITO ESTES REPRESENTANTES!
    EU VOU LUTAR PARA DERRUBAR ESTES REPRESENTANTES!

    QUEM LUTA COMIGO????

    TENHA CORAGEM !
    SEJA BRASILEIRO!
    HONRRE A SUA PÁTRIA E A SUA BANDEIRA!

    OU ASSIM ESTÁ BOM PARA VOCÊ????????????????????????

  10. Domingos Sordi says:

    Enquanto lotarmos um estádio de futebol para 60.000 pessoas, para assistir uma partida de futebol, num desfile gay, 1 milhão, no carnaval, 3 milhões e juntarmos MÍSEROS 15.000 pessoas para pedir por um Brasil melhor, veremos as nulidades no poder se perpetuando, se acumulando e extorquindo do povo os luxos que só eles tem.
    De nada adianta pedir por faxina nos três poderes se esta parcela da população que paga para assistir jogos de futebol ou coisa que o valha, na hora de mostrar a indignação com o momento caótico em que vivemos, se comportar como abastados beneficiários dos frutos da corrupção.
    Neste momento cessa a minha indignação com a letargia das Forças Armadas que permanecem aquarteladas como se nada dissesse respeito ao juramento feito no recebimento da farda.
    As mesmas pessoas que hoje estão acomodadas nos seus lares, bradando via internet seus anseios, sem mostrarem a cara nas ruas, sem a mínima disposição de ir à frente dos quarteis exigir pela intervenção moralizadora, essas mesmas pessoas taxarão a possível intervenção militar de DITADURA MILITAR.
    Depois de ver o nível de corrupção e coronelismo escancarado a partir do episódio de ontem do STF se jogando por vontade própria num mar de lama e apodrecimento, do qual eles representam o cume nessa montanha putrefata e o silêncio que ronda nas mídias, nos movimentos de rua e de oposição, somado ao silêncio das outroras gloriosas Forças Armadas, me calo e me enluto por este Brasil que teria tudo para dar certo, não fosse a inércia de todos, povo, políticos, militares, etc.
    Deus tenha misericórdia do Brasil.

  11. Correia says:

    Sem querer jogar água no chopp e tampouco defender essa violência de Temer, gostaria de abordar uma outra questão, qual seja a alíquota da contribuição. Em 2002 participei de um encontro sindical que debatia a previdência. E nesse encontro, pasme, decidiu-se que os trabalhadores são CONTRA O CÁLCULO ATUARIAL! Ora, abdicar essa discussão é aceitar bovinamente os números que os governistas (seja qual for o partido) nos apresentam. No texto do professor afirma-se que se a contribuição tripartite fosse respeitada pelo setor público o superávit seria ainda maior, fato que ensejaria a luta pela REDUÇÃO da contribuição, ao invés da tímida (e fadada ao fracasso, temo) resistência aos ataques que sofremos. Obrigado.

    • Robson Santos says:

      Se prepara com tempo que você consegue, mas não desanime. Invista tempo em você, e com certeza se tiver boa qualificação e dominar bom nível de inglês, suas chances de sair daqui se multiplicam. Acredite em você…só isso.

    • Ulisses Marioto says:

      cara, eu sou economista , não tem que ter ultra qualificação para ir para escandinava, lá não é Brasil, qualquer vendedor de loja ou lixeiro ganha razoavelmente bem para se manter, eu topo qualquer trampo lá, e prefiro me qualificar lá em outra área do que aqui

    • Robson Santos says:

      Te entendo perfeitamente, sendo assim faça seu cadastro no Linkedin e entregue seu CV nas vagas disponiveis nos países nórdicos, e se surgir uma vaga e você se encaixar no perfil que eles procuram, você com certeza conseguirá.

  12. Ulisses Marioto says:

    não adianta ficar lamentando e continuar aqui, ademais esse País só terá solução com uma revolução, mas nosso povo assiste tudo passivo os descalabros que ocorrem Claudia Wallin mesmo com as dificuldades, ainda quero ir para os países escandinavos.

  13. Antônio Loures says:

    Não existe intenção nenhuma em equacionar o déficit da previdência pública. O que está em jogo é o interesse do mercado em abocanhar mais este nicho de mercado que na realidade é dever e obrigação do estado. “Quanto pior melhor” esta sempre foi a marca dos golpistas. Querem que o povo se sinta desestimulado e migrem pouco a pouco da previdência pública para a privada.

  14. Mauro Cunha says:

    SOBRE A “REFORMA” DA PREVIDÊNCIA
    Mais do mesmo? Ora, apertados já estamos há muito. Engraçado como os “çábios” só enxergam pelo viés dos banqueiros, que nunca deixam de ganhar, vide as taxas vigentes.

    Ah, sim, agora, estribados no ABSOLUTAMENTE MENTIROSO rombo da Previdência, querem aposentar os trabalhadores brasileiros DEPOIS DA APRESENTAÇÃO DE SEUS ATESTADOD DE ÓBITO!!! Isso mesmo!!! Ora, senhores, se teremos que pagar a Previdência durante 49 ANOS para ter direito à aposentadoria, é melhor que usufruamos em vida o percentual que ora recolhemos, senão vejamos: tempo médio de formação técnica no 3.º grau do brasileiro para adentrar ao mercado de trabalho é de 27 anos, somados aos 49 anos de recolhimento à Previdência, resulta em 76 anos de idade, contra uma EXPECTATIVA DE VIDA DE 75 ANOS!!! Então, isso é um enorme engodo, tremendo e oficial 171, exceto o Governo já detenha a capacidade de ressuscitar cadáveres!!!

    Vejam o que segue, inclusive o que diz a ANFIP – Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil:
    A proposta de reforma da Previdência foi duramente criticada por especialistas em audiência pública, nesta terça (06/12/2016), no Senado Federal.

    1 – A presidente da Fundação Anfip de Estudos da Seguridade, Maria Inez, rebate o falso argumento do presidente golpista em relação ao déficit no sistema. “Não há déficit. Eles fazem as contas faltando alguma coisa porque contam apenas a arrecadação de guias de previdência social. Mas a seguridade social é sustentada por vários outros tributos”, disse. Maria Inez destaca, ainda, que, maior parte do orçamento da União é gasto com a dívida pública. “É necessário fazer melhor execução da divida pública. É nesse ponto que deve mexer antes de mexer no direito do trabalhador”, afirma.

    2 – Disse Evandro Morello, assessor jurídico da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag): – O financiamento da Seguridade Social é resultado não apenas das contribuições dos trabalhadores, mas também de impostos como a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) e a Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins), além de valores arrecadado com loterias. Somados todos esses recursos, afirma o representante da Contag, a Seguridade Social é superavitária. — Quem defende a tese do déficit da Previdência tem uma visão fiscalista do quanto é arrecadado e do quanto é gasto. É uma visão míope de uma política de proteção social — defendeu. Diego Cherulli, do Instituto Brasiliense de Direito Previdenciário, concordou: — O déficit da Previdência é um mito, apontou.

    A presidente da Associação Nacional dos Fiscais de Contribuições Previdenciárias (ANFIP), Maria Inez Maranhão, afirmou que a proposta de reforma da Previdência mexe principalmente com o bolso os mais pobres: — A metade do orçamento é gasto com rolagem de dívidas e juros. Temos que repensar a quem deve ser exigida a reforma fiscal. Eu não entendo que deva ser no benefício previdenciário, disse.

    FONTES:
    http://www.cutbrasilia.org.br/site/proposta-de-reforma-da-previdencia-e-criticada-em-audiencia-publica/

    http://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2016/12/06/proposta-de-reforma-da-previdencia-e-criticada-durante-seminario-no-senado

    3 – Na iminência do envio da reforma da Previdência para o Congresso Nacional, que deve ocorrer na próxima semana, após reunião que o governo promove com as centrais sindicais, na segunda-feira (5), e participação da ANFIP, é hora de intensificar a defesa do sistema de seguro social.

    A proposta de reforma vem com uma ampla campanha de mídia, com propagandas sendo veiculadas nos mais variados veículos. É preciso estar atento ao discurso oficial, pois o sistema de Seguridade é superavitário, conforme demonstra incansavelmente a ANFIP, com base em dados também oficiais (veja a Análise de Seguridade Social 2015).

    A ANFIP divulga o vídeo abaixo para alertar a sociedade quanto às falácias anunciadas pelo governo e para que todos fiquem atentos com o desmonte que querem promover na nossa Previdência Social, afetando os direitos dos cidadãos. Assistam, divulguem, compartilhem!
    FONTE: http://www.anfip.org.br/noticia.php?id_noticia=21089

    Com o envio pelo governo ao Congresso Nacional da PEC nº 287/2016, que versa sobre a Reforma da Previdência, e a realização do Seminário Internacional de Previdência Social, que ocorreu nesta terça-feira (6), no Senado Federal, dados da ANFIP foram citados em diversos veículos de imprensa como um contraponto à proposta de reforma do governo e ao falso deficit previdenciário.
    FONTE: http://www.anfip.org.br/noticia.php?id_noticia=21108

    • Marcelo Camara says:

      Já que você está provocando meu brilhante modo de pensar, lá vai: pode até ser que o rombo da Previdência seja um mito. Mas uma coisa eu vou lhe dizer novamente: a continuar do modo que está, pelos cálculos atuariais do Sistema, de uma forma em geral, em 2025/2030, não haverá dinheiro para pagar a minha e a sua aposentadoria. Como você tem uma mente comunista, acho que nem isto que estou dizendo, você admite. Por isto é que digo que tenho pena de você. Um abraço.

  15. Evandro S. Nogueira says:

    Ou paramos o Brasil completamente ainda em dezembro ou os políticos vão aprovar todo e qualquer tipo de medidas para manter os seus privilégios e benefícios, para eles e para os servidores (sobre todos da justiça), com ou sem a anuência da sociedade, eles já estão avalizados com carta branca pelo STF para fazer o que bem entenderem, não somos mais uma democracia, somos declaradamente uma Cleptocracia!

    Desta forma eles deverão aumentar e criar mais impostos, transformar direitos que conquistamos duramente em deveres ou maculá-los completamente, podem esperar o cerceamento da internet!

    Reconheço a necessidade da reforma da previdência, mas não vejo neste governo, senado e congresso mais legitimidade para isto, até porque a proposta é um engodo, matem diversos benefícios e privilégios a servidores que poderão aposentarem-se com salários integral ao da ativa e mais tudo que nele for incorporado, idem os militares e para os políticos não muda absoltamente nada!

    Ou tomamos pela crina agora o nosso destino como sociedade e país, ou o breve futuro que nos aguarda é uma escuridão (trevas) muito parecida com o que vive a Venezuela atual.

    Não podemos deixar Ministério Publico Federal agir sozinho, a classe política e parte da justiça a começar pelo STF declarou guerra contra o país e a população quando rasgou mais uma vez a constituição federal para manter Renam no poder, antes já o havia feito para manter os direitos políticos de DiRma.

    https://www.mixcloud.com/alexadregarcia/alexandre-garcia-071216/

  16. Orlando Orsini says:

    Sugestão para Nova edição do Dicionário Aurélio.

    *Aposentadoria* – substantivo feminino.
    1. Algo inalcançável. 2. O mesmo que suba e desça e se esqueça.
    3. Àquilo que vem depois da morte.
    4. Fig. Diz-se daquele que a alcança é porque ganhou a vida eterna.
    5. Usada em epitáfios, em complemento a palavra Jaz: “Aqui jaz aposentado João Maria da Silva”

  17. Jean Meira says:

    Não é mito. A previdencia não tem um rombo, é um rombo, ou melhor um esquema de piramide. Nem se não houvesse nenhuma corrupção ou desvio de verba a previdencia iria se manter. Se a previdencia fosse uma poupança genuina, voces acham quer teria uma idade minima ? Se vc tem uma conta e poupa para viver dos rendimentos, vc poderia aposentar até com 40 anos só que receberia menos. Só isso. Mas o que vc contribui paga a posentaria de quem esta aposentado e não de quem vai aposentar.

  18. Luiz Parussolo says:

    Não é mito e sim roubalheira generalizada e o governo federal toma para ele 40% da arrecadação.
    Além disso falta de recolhimentos de empresas privadas e estados e municípios. Sendo ainda que o governo federal não recolhe INSS de funcionários celetistas, contratados e os que até 1990 eram autarquias.
    Clubes de futebol, empresas e empreiteiros, por exemplo, raros recolhem.
    E tem muito mais.
    Os sistemas do INSS não possuem lacres e já existiu e talvez até existe ainda depósitos de milhões em contas de aposentados certos sem estorno.
    Foi previsto aposentadoria complementar na CF/1988 mas não foi acatada.
    Hospitais possuem títulos de fraternidade e nada recolhem; obras sem INSS são infinitas.
    Estados e municípios repactuam dívidas por até 30 anos corrigida pela Taxa Referencial e juros irrisórios.
    O STF e o STJ brindaram os agropecuarista que nada contribuem com o social, nem emprego (3,7%) de trabalhadores, julgando inconstitucional o FUNRURAL e além de deixar de seer recolhido retroagiu a decisão a 2002. Genialidade dos graduados e doutorados nos cursos de direito.
    E vamos embora….
    Essa é a nossa previdência social.
    Luiz Parussolo.

  19. Manoel José da Silva says:

    Não acredito tbm em rombo tudo isso que aconteceu com a previdência social é fruto do roubo dos políticos que sempre é os trabalhadores quem paga o roubo deles. É pôr isso que temos que apoiar os militares à tomar o poder desses bandidos civis ladrões que estão fazendo da população civil de idiota.

  20. Marcia Guimaraes says:

    Na verdade cabe ao povo se educar em relação a preocupar de obrigações de cidadania consciente do contrário não haverá mudanças em nenhum setor da sociedade . Afinal não é da mesma que se projeta os candidatos que chegam assumir os cargos de suma responsabilidade .

  21. gamefly free trial says:

    This design is wicked! You most certainly know how to keep a reader amused.

    Between your wit and your videos, I was almost moved to start my own blog (well, almost…HaHa!) Great job.
    I really enjoyed what you had to say, and more than that, how you presented it.
    Too cool!

  22. download minecraft says:

    Hi are using WordPress for your site platform? I’m new to the
    blog world but I’m trying to get started and create my own.
    Do you need any coding knowledge to make your own blog?
    Any help would be greatly appreciated!

  23. g says:

    Asking questions are actually pleasant thing
    if you are not understanding something entirely, however this piece of writing offers nice understanding yet.

  24. g says:

    I think this is among the most significant info for me.
    And i am glad reading your article. But want to remark on some general things, The site style is great, the articles is really excellent :
    D. Good job, cheers

  25. minecraft for free says:

    Hey there! Someone in my Myspace group shared
    this website with us so I came to take a look. I’m definitely
    enjoying the information. I’m book-marking and will be
    tweeting this to my followers! Wonderful blog and wonderful design and style.

  26. gamefly free trial says:

    Hello this is kind of of off topic but I was wanting to know if blogs use WYSIWYG
    editors or if you have to manually code with HTML.
    I’m starting a blog soon but have no coding experience so I wanted to get guidance from someone with
    experience. Any help would be enormously appreciated!

  27. gamefly free trial says:

    With havin so much content do you ever run into any problems of
    plagorism or copyright violation? My website has a lot of exclusive content I’ve either written myself or
    outsourced but it appears a lot of it is popping it up all over
    the internet without my permission. Do you know any solutions
    to help protect against content from being ripped off?
    I’d certainly appreciate it.

  28. gamefly free trial says:

    Wonderful goods from you, man. I’ve understand your stuff previous
    to and you’re just too wonderful. I actually like what
    you’ve obtained here, really like what you’re stating and the best way wherein you say it.
    You are making it enjoyable and you continue to take care of to keep
    it sensible. I can not wait to learn much more from you.

    This is really a wonderful website.

  29. quest bars cheap says:

    Thank you for every other wonderful post. Where else could anyone get that kind of information in such a perfect
    method of writing? I have a presentation next week, and I’m on the search for such info.

  30. plenty of fish dating site says:

    I’m extremely impressed with your writing skills as well as with
    the layout on your blog. Is this a paid theme or did you customize it yourself?
    Anyway keep up the excellent quality writing, it is rare to see a nice blog like this one today.

  31. descargar facebook says:

    Someone necessarily assist to make severely posts I’d
    state. That is the first time I frequented your web page and thus far?

    I surprised with the research you made to create this particular put up incredible.
    Great job!

  32. minecraft games says:

    When I originally commented I clicked the “Notify me when new comments are added” checkbox and now
    each time a comment is added I get three emails with the
    same comment. Is there any way you can remove
    me from that service? Thank you!

  33. quest bars cheap says:

    You really make it seem so easy with your presentation but
    I find this matter to be actually something that I think I would never understand.
    It seems too complicated and very broad for me. I am looking forward for your
    next post, I will try to get the hang of it!

  34. minecraft games says:

    I was very pleased to uncover this great site.

    I wanted to thank you for ones time for this fantastic read!!
    I definitely enjoyed every little bit of it and I have you
    bookmarked to check out new information on your website.

  35. quest bars cheap says:

    An impressive share! I’ve just forwarded this onto a co-worker who had been conducting a little homework
    on this. And he actually bought me lunch because I discovered it for him…
    lol. So let me reword this…. Thanks for the meal!!
    But yeah, thanx for spending some time to discuss this topic here on your web site.

  36. Pingback: Google

  37. benefits of coconut oil says:

    Howdy would you mind letting me know which webhost
    you’re using? I’ve loaded your blog in 3 different internet browsers and I must
    say this blog loads a lot quicker then most. Can you recommend
    a good web hosting provider at a fair price?
    Cheers, I appreciate it!

  38. plenty of fish dating site says:

    I’m amazed, I have to admit. Seldom do I encounter
    a blog that’s both educative and engaging, and without
    a doubt, you have hit the nail on the head. The issue is something that not
    enough people are speaking intelligently about. I am very happy
    I came across this in my hunt for something relating to this.

  39. More info says:

    Amazing blog! Is your theme custom made or did you download it from somewhere? A theme like yours with a few simple adjustements would really make my blog jump out. Please let me know where you got your design. Many thanks

  40. was coconut oil says:

    Hi there! I know this is kind of off topic but I was wondering which blog
    platform are you using for this site? I’m getting tired
    of WordPress because I’ve had issues with hackers and I’m looking at
    alternatives for another platform. I would be awesome if you could point me in the direction of a good platform.

  41. plenty of fish dating site says:

    It is perfect time to make some plans for the future and it is time to be happy.
    I have read this post and if I could I desire to suggest you
    few interesting things or tips. Maybe you could write next
    articles referring to this article. I desire to read more things
    about it!

  42. tinyurl.com says:

    Hi there are using WordPress for your site platform?
    I’m new to the blog world but I’m trying to get started and create my own. Do you require
    any html coding knowledge to make your own blog?
    Any help would be really appreciated!

  43. tinyurl.com says:

    This is the right site for everyone who would like to find out about this topic.

    You realize so much its almost hard to argue with you (not that I actually will
    need to…HaHa). You certainly put a new spin on a topic that’s been written about for decades.
    Great stuff, just wonderful!

  44. quest bars cheap says:

    It’s perfect time to make some plans for the future and it
    is time to be happy. I have read this post and if I could I want
    to suggest you some interesting things or suggestions.
    Perhaps you can write next articles referring to this
    article. I wish to read more things about it!

  45. ps4 games says:

    I know this if off topic but I’m looking into starting my own weblog and was
    wondering what all is required to get set up?
    I’m assuming having a blog like yours would cost a pretty penny?

    I’m not very internet smart so I’m not 100% positive.
    Any recommendations or advice would be greatly appreciated.
    Cheers

  46. coconut oil says:

    Its like you read my mind! You appear to know so much about this, like you wrote the book in it or something.
    I think that you could do with a few pics to drive the message home
    a little bit, but other than that, this is fantastic blog.
    A fantastic read. I will certainly be back.

  47. sling tv says:

    I do not even know how I ended up here, but I thought this submit used to be great.
    I don’t know who you might be however certainly you are going to a famous blogger should you are not already.

    Cheers!

  48. sling tv says:

    Do you have a spam problem on this site;
    I also am a blogger, and I was curious about your situation; many of us have developed some nice
    practices and we are looking to swap strategies with others, why not shoot me an email if interested.

  49. sling tv says:

    Good day! I know this is kind of off topic
    but I was wondering if you knew where I could locate
    a captcha plugin for my comment form? I’m using the same blog platform as yours and I’m having
    problems finding one? Thanks a lot!