A vida de um trabalhador na Suécia: direitos garantidos e até jornada de 6 horas

Por Claudia Wallin

Estranhamente, e na contramão das reformas trabalhistas preconizadas pelo visionário governo interino do Brasil, parece que nem os políticos e nem os empresários da Suécia estão interessados em levar seu país de volta à Idade da Pedra Lascada.

“Não soa mais certo, em pleno 2016, trabalhar de 8 da manhã às 5 da tarde. Especialmente quando se sabe que grande parte deste tempo é desperdiçado na jornada”, diz Maria Westling, diretora da startup Brath – uma das várias empresas e municipalidades da Suécia que resolveram testar a jornada de seis horas de trabalho, na esteira da bem-sucedida experiência adotada desde 2002 pela fábrica da montadora Toyota na cidade de Gotemburgo.

“Trabalhamos três horas, almoçamos, e trabalhamos mais três horas. Seis horas por dia, com salário integral. Acredito que as pessoas trabalham de forma mais eficaz quando não se sentem esgotadas”, completa Maria, neste país que não por acaso aparece de forma consistente entre os primeiros do mundo no ranking de qualidade de vida – e também de competitividade.

O experimento sueco da jornada de 6 horas é um dos vários e agudos contrastes entre a realidade de um trabalhador na Suécia e no Brasil, onde o governo não eleito de Michel Temer prepara uma triunfante marcha a ré na evolução dos direitos sociais e trabalhistas conquistados ao longo da história do país.

O projeto Temer tem três frentes: a reforma trabalhista, para flexibilizar a CLT (empregadores e sindicatos poderão colocar em negociação, por exemplo, o parcelamento do 13° salário e a redução do intervalo de almoço de uma para meia hora); a reforma previdenciária (para aumentar a idade mínima de aposentadoria até o trabalhador estar prestes a pôr o pé na cova), e a regulamentação do processo de terceirização no país. E por que não, conforme chegou a sugerir o presidente da CNI, aumentar a atual jornada semanal de 44 horas para até 80 horas de trabalho.

Tudo a ser votado por quem não tem nada a perder, nem agora e nem na velhice: além das regalias de praxe garantidas aos políticos que batem ponto no Congresso Nacional, até ex-deputado tem direito a plano de saúde vitalício e ilimitado. No Senado, o dinheiro público chega a pagar a implantação de próteses dentárias com ouro: bancado exclusivamente pelo contribuinte, o plano de saúde cinco estrelas cobre todas as despesas médicas de senadores, ex-senadores e dependentes como filhos, enteados e cônjuges. Sem precisar fazer nenhuma contribuição – basta que tenha exercido o cargo de senador por 180 dias ininterruptos. Após a morte do titular, o cônjuge continua usando a carteirinha.

Pausa para regurgitar.

Mas é tudo em nome de uma suposta dinamização da economia, argumenta-se. Bem, os suecos – por exemplo – iriam discordar.

Um sueco trabalha em média cerca de 38 horas por semana. Apenas 1% dos suecos trabalham mais do que 50 horas por semana – o que representa um dos mais baixos índices entre os países da OECD, onde esta taxa é de 13%.

Apesar disso, a Suécia aparece na sexta posição no Índice Global de Competitividade. Com um modelo de desenvolvimento e bem-estar social que converteu o país em uma das mais sofisticadas nações industrializadas do mundo: lembre-se que há pouco mais de cem anos, a Suécia era um dos países mais pobres da Europa.

Hoje, a experiência da jornada de seis horas é apenas mais um aspecto da obsessão nacional sueca com o equilíbrio entre vida pessoal e trabalho.

Por lei, cada trabalhador sueco tem direito a cinco semanas de férias por ano e 16 feriados públicos. Férias adicionais podem ser negociadas com o empregador.

“Se uma pessoa fica doente durante as férias, ela pode tanto estender o período de férias como tirar os dias em que ficou de cama em outra ocasião”, diz a brasileira Cynara Isacsson, que trabalha como assistente do departamento de economia de uma empresa sueca em Estocolmo.

Os salários são negociados através de cerca de 600 acordos coletivos, a maioria dos quais inclui um salário mínimo que é relativamente alto em comparação ao resto da Europa. Em casos de desacordo, a autoridade sueca de Mediação Nacional é responsável por mediar negociações entre sindicatos de patrões e empregados. A maioria dos trabalhadores suecos é filiada a sindicatos. No Brasil, menos de um décimo dos trabalhadores brasileiros sao sindicalizados.

O pagamento de horas extras também é regulamentado pelos acordos coletivos, e geralmente varia a uma taxa de 50 a 100% a mais do que o valor do salário normal.

Mais: a rede de proteção social e trabalhista é garantida por aquele que ainda é um dos mais generosos sistemas de bem-estar social.

Quando uma criança nasce na Suécia, os pais têm direito a uma licença parental remunerada de 480 dias. Deste total, 60 dias devem ser usados exclusivamente pelo pai, e outros 60 dias exclusivamente pela mãe.

As creches pré-escolares são largamente subsidiadas pelo governo, e os pais pagam apenas oito por cento do custo mensal.

A partir do momento em que nasce, cada criança recebe um subsídio mensal do governo no valor de 1.050 coroas suecas (aproximadamente 400 reais), até completar 16 anos de idade.

Após completar 16 anos de idade, cada criança passa a receber um subsídio mensal do governo no valor equivalente a 400 reais mensais, como assistência financeira enquanto completa seu período de estudos.

O tratamento dentário é gratuito para crianças e adolescentes até os 18 anos de idade. Eles também podem ter aparelhos dentários financiados pelo governo regional: quando os especialistas julgam necessária a correção dos dentes, o paciente recebe um ”cheque saúde dos dentes” para custear os gastos com o ortodontista de sua escolha.

Quando as crianças têm problemas graves de visão, também é o governo regional que paga os óculos de grau. Para famílias com uma situação econômica extrema, os pais de crianças com deficiências de visão mais comuns podem contactar os serviços sociais, que então financiam os óculos.

O sistema de educação é financiado majoritariamente pela arrecadação de impostos, e a Suécia é um dos países que mais gastam neste setor.

Não existem mensalidades escolares. A partir dos seis anos de idade, todas as crianças têm acesso gratuito à educação, que é obrigatória até o último ano do ensino médio. As escolas fornecem ainda todo o material escolar. A merenda escolar também é gratuita, e consiste em geral de um bufê que inclui dois pratos quentes e uma opção vegetariana, além de saladas, legumes, pães e frutas.

A partir dos seis anos de idade, todas as crianças têm acesso gratuito à educação, que é obrigatória até o último ano do ensino médio

Se decidem cursar a universidade – que também é gratuita – os estudantes suecos têm direito a uma assistência financeira mensal, até completar os estudos. Esta assistência é composta por um subsídio de 3.066 coroas suecas (cerca de 1,2 mil reais) por mês, além de um empréstimo no valor de 6.710 coroas suecas (cerca de 2,6 mil reais) mensais. O prazo para o reembolso do empréstimo é o dia em que o ex-estudante completa 60 anos de idade.

O sistema de saúde é também amplamente subsidiado, e a taxa de internação em um hospital é de 80 coroas suecas (cerca de 30 reais) por dia. Existe ainda um teto semelhante para as despesas com medicamentos – o que significa que ninguém gasta mais de 1,8 mil coroas com despesas de saúde no período de um ano (cerca de 680 reais).

O sistema de seguro social sueco também inclui subsídios de auxílio-doença. Durante os primeiros 14 dias de afastamento do funcionário, cabe aos empregadores pagar o benefício. Nos casos de enfermidades com tratamento mais longo, o sistema paga o auxílio-doença durante um período máximo de 364 dias, no valor de 80 por cento da renda do funcionário. Após este prazo, o paciente tem direito a receber o auxílio-doença por um período adicional de 550 dias, num valor correspondente a 75 por cento de seus rendimentos.

Pais de crianças doentes também têm direito a receber subsídios a fim de permanecer em casa para cuidar dos filhos.

Portadores de deficiência têm direito a assistência pessoal e gratuita, incluindo transporte em táxis ou veículos especialmente adaptados. Para os idosos, também é oferecida assistência social a domicílio – com taxas cobradas de acordo com a possibilidade de cada um de pagar. Para idosos com recursos limitados, o serviço pode ser gratuito.

O sistema de aposentadoria sueco é constituído por três partes – uma pensão nacional, uma pensão trabalhista que é financiada pelo empregador, e um plano de previdência privada. Um total de 18,5 por cento do salário e outros benefícios tributáveis do trabalhador são destinados à sua aposentadoria pública. Deste total, 16 por cento vão para a conta de aposentadoria pública, cujo valor cresce de acordo com a evolução dos rendimentos e do desempenho da economia na Suécia. Os 2,5 por cento restantes vão para a chamada pensão premium, que varia segundo o desempenho dos fundos nos quais o trabalhador escolhe investir.

Para pessoas que tiveram pouco ou nenhum rendimento em suas vidas, há uma parcela menor da aposentadoria nacional, chamada de aposentadoria garantida. A finalidade é garantir a estas pessoas uma quantia mínima todo mês.

Já o seguro-desemprego é voluntário – ou seja, o trabalhador deve se inscrever em instituições específicas para ter direito ao benefício, e pagar uma mensalidade. Estas instituições são conhecidas como ”A-Kassa” (Arbetslöshetskassor), e muitas são administradas por sindicatos. No pacote básico, a mensalidade é de 90 coroas suecas mensais (cerca de 34 reais).

Quando perde o emprego, um trabalhador pode receber o salário-desemprego por até 300 dias úteis. Nos primeiros 200 dias, o benefício é equivalente a 80 por cento do valor do antigo salário – a um teto máximo, porém, de cerca de 100 dólares por dia. Nos demais 100 dias, esta porcentagem cai para 70 por cento. Os trabalhadores que perdem o emprego e não são afiliados à A-Kassa podem, ainda assim, obter benefícios – mas somente a um nível básico, e não superior a cerca de 48 dólares por dia útil.

Para famílias mais pobres ou com problemas econômicos temporários, os governos municipais prestam assistência sob a forma de apoio financeiro com base em avaliações individuais. Este apoio inclui recursos para despesas básicas, com a finalidade de garantir um padrão de vida razoável para uma vida digna.

E ninguém fala em acabar com a educação gratuita – um dos alicerces fundamentais do salto dado pela sociedade sueca há um século.

 

1 de Agosto de 2016

1.441 thoughts on “A vida de um trabalhador na Suécia: direitos garantidos e até jornada de 6 horas

  1. Leopoldo Bittencourt says:

    DESDE QUE NÃO SE ROUBE AQUI O ERÁRIO PÚBLICO, NEM BANCAR AS MORDOMIAS DOS POLÍTICOS, OU TERMOS 53 MIL FUNCIONÁRIOS PUBLICOS LOTADOS, COMO A HONESTIDADE E RESPEITO COM A COISA PÚBLICA COMO NA SUÉCIA, PODE ATÉ DAR CERTO

  2. Melquisedeck Maia says:

    Aqui os políticos do sabem roubar e só querem privatizar porq não tem competência e mto menos honestidade para administrar os bens do povo, então já que eles só servem para gerar gastos então deveria diminuir urgentemente ou extinguir cargos políticos como deputado ,senador , vereador e etc..

  3. Carlos Ferreira da Silva says:

    Mas esse bunda vaga bem como grande parte dos que compoem esse governo de machos, homens tenho dúvidas, brancos e ricos por que patrões, segue a cartilha da FIESP que já teve até presidente questionando o por que de tempo para a merenda do trabalhador. Essas carniças que fazem parte da elite brasileira, por vezes branca, racista e homofóbica sonham com o tempo da escravidão onde seus pares alem de serem comtemplados com previlégios, regalias e muito prestigio, de projetos como Sesmarias e Capitanias Hereditárias contavam com mãos fortes e de gratis dos pretos trazidos da África.

    • Nádia Regina Macedo Rocha says:

      Quanta besteira, acorda rapaz, o que o governo atual quer é justamente te livrar da escravidão! Ou você acha que a vida em Cuba é maravilhosa? Pois o que o PT sonha é tornar nosso país numa Cuba, nivelando todos na pobreza, dependentes da ração que o governo permite ter por mês! Conversa com um cubano e terás a resposta!!!

    • Carlos Ferreira da Silva says:

      Nádia Regina Macedo Rocha Vc é uma “besta” e analfa de pai e mãe! Portanto besteira mesmo deve ser o que vc me sugere. Não subestime a minha inteligencia. Me recuso a discutir com pessoas como vc querida, portanto procure a tua turma.

  4. Jairo Francisco says:

    Excetuando o destaque “governo não eleito Temer ” – como estaria aí se não fizesse parte de uma chapa eleita ? – concordo perfeitamente que nossos políticos são tão incompetentes ao ponto de tornar a vida do cidadão brasileiro um inferno.

  5. Eduardo de Carvalho says:

    Alguém paga a conta do Estado do Bem Estar Social existente. Só que existem os países localizados na periferia do capitalismo como o Brasil.
    Ou, o aumento do salário chinês na fábrica, que se comemorado por alguns fez com que os indianos fabris recebessem 1/3 dos salários dos chineses.

  6. Lubia Aguiar says:

    Não acredito que está comparando a Suecia com o Brasil! Mas tudo bem. Só uma perguntinha: Temer está há quase três meses no cargo. Como estava antes dele assumir, a nossa economia? Já vou responder: 500 empresas falidas, 11 milhões de desempregados e uma dívida de 170 bilhões. Tá bom pra vocês?

    • Nádia Regina Macedo Rocha says:

      Nilton Lambert quais são os direitos retirados por Temer? O país está falido, mais de 11 milhões desempregados, não adianta querer inventar! Imagina você se hoje, o governo abrir crédito, quem vai consumir, com essa imensidão de desempregados? É justamente por isso que o país está falido, além da roubalheira, a política de incentivo ao consumo fez com que a população se endividasse, achando que fazia parte da classe média, restando somente o direito de ter que devolver seus carros para as financeiras e herdando somente seus nomes sujos!

    • Andre Almeida says:

      Há cem anos atrás, a suécia era um país pobre. Ainda hoje, o Brasil é um país pobre e miserável. O Maracanã receberá a nata esportiva mundial na próxima sexta. Do outro lado da estrada de ferro, as vielas da Mangueira revelam o país que foi esquecido.

    • Andre Almeida says:

      I=S , investimento é igual a poupança. Se não há poupança doméstica para fomentar o investimento e se o modelo de Keynes está esgotado em virtude do déficit público crescente (governo gasta mais do que arrecada), a única solução é atrair o capital estrangeiro através de generosas taxas de juros. Porém, diante de uma política econômica monetária contracionista (juros altos), o crédito fica mais caro para o investidor e para o consumidor, de modo que a retração da oferta e da demanda será potencializada e a retração econômica aprofundada com fechamento de firmas e o aumento do desemprego. Ao invés de aumentar a planta produtiva, o capitalista irá aplicar o seu dinheiro no mercado financeiro, tendo em vista que o custo de oportunidade de aplicar no mercado financeiro permite uma maior certeza da multiplicação do capital aplicado do que na expansão da planta produtiva. Soma-se isso tudo ao chamado custo Brasil (corrupção, burocracia e ineficiência), de modo a potencializar tal incerteza no mercado de bens e serviços. Razão disto é a retração da curva LM (liquidez da moeda) em virtude da alta de juros. Se o dinheiro está escasso (está no mercado financeiro) e o crédito caro, não há circulo virtuoso da economia.
      Vamos supor que o país tenha parado de piorar. Após a queda no fundo do poço, teremos de emergir. Como? Juros a 14,25% reduziu a oferta de moeda e o consumo, de modo a conseguir trazer a inflação para o centro da meta até 2018. Entretanto, produziu quase 13 milhões de desempregados e reduziu o ganho médio (pífio) do trabalhador. Como reduzir os juros para fomentar o investimento (I=S) se o deficit público ainda é crescente e o tesouro selic é a principal aplicação financeira (o governo precisa de dinheiro para cobrir o seu deficit) que fomenta a oportunidade de ganhar dinheiro certo no mercado financeiro do que investir na produção e na geração de empregos? Somente a redução dos juros. Mas o povo não tem renda nem emprego para poupar. Como ficam os investimentos do governo, que fomentam o crescimento do PIB, se a matriz de Keynes está esgotada em razão do deficit? Reforma tributária, previdenciária e trabalhista? Quando, onde e como? E a sonegação, como fica? E a corrupção? E a ineficiência? O Congresso está parado aguardando o desfecho da operação Lava Jato! E o povo sangrando em razão da irresponsabilidade dos nossos representantes. Ainda tem quem acredite que mantendo os juros altos o capital estrangeiro (só se for o especulativo) irá fomentar a retomada do crescimento diante da repercussão desta crise política que expôs a principal estatal do país ao mundo em razão dos métodos pouco ortodoxos de administração.

  7. Patricia Botelho says:

    Admiro os Suecos e seu País com seu sistema de desenvolvimento econômico baseado no pilar do bem estar social, mas não podemos perder de vista que tudo isso tem um custo altíssimo que a sociedade sueca paga satisfeita porque recebe tudo de volta na forma de diversas prestações sociais fornecidas pelo Estado! Aqui, no Brasil, pelo menos no nosso atual estágio de desenvolvimento econômico e social, jamais poderíamos suportar um sistema como esse, mas isso não significa que não podemos começar a mexer nas nossas estruturas para aos poucos alcançarmos um modelo parecido… Basta verdadeira vontade política! Só que aí vem todas as forças políticas atuantes no cenário nacional, cada uma defendendo seu peixe, sem uma visão global… E o negócio não anda, às vezes retrocede até… Tudo isso porque a mentalidade do brasileiro é de sempre privilegiar o interesse particular, seu próprio interesse ou de sua categoria em detrimento do interesse público! Desse jeito fica impossível…

  8. Maria Antonieta Simao says:

    Sem roubos, sem cargos comissionados em número infinito, sem regalias, sem aposentadorias de 8 anos e todas as outras falcatruas, nós seríamos mellhor que a Suécia. Olha só o clima do Brasil e tudo mais é melhor. . O que estraga aqui é a corrupcão que todos praticam .Se querem se especializar em corrupcão, em enriquecer ilicitamente, venham para cá.

    • Alan Mezzomo says:

      corrupcao dos politicos eh o terceiro problema, antes disso tem os sonegadores (500 bilhoes todos os anos), e a divida publica (quase 3 trilhoes), mas adivinha em qual das teclas o povo corrupto anti-corrupcao bate? poise…

  9. Carlos Roque says:

    É que lá não tem corrupto,
    não tem aposentadoria precoce de político,
    não tem prisão domiciliar pra cara que rouba 370milhoes,
    Não tem verba partidária,
    Não tem mordomias políticas,
    Não tem obra superfaturada…..

    • Alan Mezzomo says:

      tu acha que esse eh o maior problema? e nossos 500 bilhoes em sonegacao todos os anos? e 1 trilhao em devedores da uniao? e 3 trilhoes da divida publica? igrejas que nao pagam impostos? ricos e milionarios que pagam impostos minimos enquanto o trabalhador de salario minimo paga um monte? tudo isso que tu citou nao representa nem 1% do dinheiro desviado/roubado… pq batem tanto nas coisas que nao sao realmente o problema financeiro?

    • Alexandre Rocha Do Nascimento says:

      Funcionario publico não produz recursos. Ele consome recursos de empresas e profissionais liberais que produzem recurso. Essas empresas e profissionais liberais pagam impostos e sustentam o funcionário publico. Na Suecia quase não existe ensino privado. Quase não existe saude privada. Quase não existe segurança privada. Pois funcionarios publicos fazem um bom serviço. Dai a maior quantidade de funcionario publicos. A ordem dos fatores altera o produto.

  10. Rogerio Rossi says:

    Penso quanto tempo levaremos pra conquistar a principal parte deste processo na Suécia, ou seja, o respeito ao próximo. A meu ver, imagino que este seja o caminho para termos a centésima parte desta evolução, mas, a principal….

  11. José Palmeira says:

    Concordo com Carlos Roque plenamente, é isso mesmo. Corrupção e roubalheira no Brasil acaba com todos empresas e empregados. Ninguém nesse mundo é mais sugado que o trabalhador brasileiro. O empresário também é um trabalhador que trabalha e gera empregos, mas o sistema corrupto perverso rouba a todos.

  12. Fátima Bernardo Nantet says:

    Gosto muito de suas exposições sobre a Suécia, Claudia Wallin. Já visitei esse país 3 vezes e gostei muito. Entretanto, você escorregou nessa comparação com o sistema trabalhista do Brasil. Não há comparação possível nesse campo.

  13. Svetlana Fernandes Machado says:

    Esqueceu de mencionar que os trabalhadores da Suécia realmente trabalham, produzem. E esqueceu que é um país com MONARQUIA PARLAMENTAR. Já imaginou o brasileiro com esses auxílios e direitos todos quando tem um filho? Ia ter 30 com uma só mulher. Querida, nem daqui a 500 anos o Brasil terá condições de ter esses direitos todos. Nosso povo é sim cheio de vícios e jeitinhos. O povo quer emprego e não trabalho. Essa é a verdade. Nosso país é atrasado. Primeiro temos que melhorar a educação é a forma como esta é transmitida. Depois, falemos em direitos. Não dá conceder aposentadoria para quem nunca trabalhou, como o Lula. E tem. Veja se lá tem político analfabeto governando o país… Só isso.

    • Svetlana Fernandes Machado says:

      ‘Batan Nilton Urubatan fui a todas as manifestações anteriores, com exceção de ontem porque em minha cidade, Natal, estava havendo motins de bandidos onde 58 ônibus foram incendiados, carros explodidos em estacionamento de supermercado, delegacias e fóruns foram alvos de tiroteios e a manifestação foi cancelada a pedido da PM e Governo do Estado do RN. Lamentável. Mas fui a todas as outras com orgulho. Aliás, fui até a do Collor há muitos anos (e tinha votado nele). Mas reconheço meus erros.

  14. Sergio Menezes says:

    Quanto preconceito e desinformação em um só comentário, como se pode ler nesse feito pela Svetlana. Quer dizer que você é cheia de vícios e jeitinhos? Você está querendo só emprego e não trabalho? Ou você não se considera povo? Você se acha parte da elite? E o que você cita como POVO, na realidade é a elite política que domina esse país há mais de 500 anos e não larga o osso. E você, como boa escrava midiotizada e alienada que detém o complexo de vira-latas, mas sempre acusa “o povo”. está aqui, pronta para repetir o discurso dessa elite. Mas uma coisa você tem razão, precisamos muito de educação e de formação política para o povo em geral, principalmente para essa classe média e trabalhadora, que como você, se acha “elite” e fica apontando o dedo para os outros, distribuindo o seu rancor e preconceito, formado e alimentado por esse processo constante de alienação e desinformação, com 500 anos de educação precária.

  15. Neusa Demartini says:

    Daqui a mil anos, quando tivermos o tempo que a Suécia teve pra ficar desenvolvida, estaremos no seu patamar. Por favor, quando se que comparar ou atingir objetivos, temos que usar categorias semelhantes. Senão, não há como comparar.

  16. Ricardo Loureiro says:

    Kkkkkk. Comparar Brasil com 200 milhões de cidadãos, 60 mil assassinatos e analfabetismo funcional de 50% nas universidades a Suécia … Com analfabetismo funcional zero e apenas 9 milhões de suecos é de uma aberração cognitiva, que só socialistas do suor alheio pode fingir acreditar.

    • Alan Mezzomo says:

      verdade, o brasil eh muito maior, inclusive em riquezas… ops, perai, ja tao vendendo as riquezas pra esses mesmos escandinavos… vai ver por isso eles conseguem manter os direitos e o bem-estar elevado ne?

    • Franza Cavalcante says:

      Nos Estados Unidos, onde moro há mais de dez anos, na minha área profissional, se trabalha bem mais que 40 horas por semana. E com uma quantidade mínima de feriados. Se vive bem melhor que no Brasil principalmente quanto à segurança. Já morei alguns meses na Suécia e posso dizer que comparar Brazil e Suécia é procurar agulha em palheiro.

  17. Carlos Alberto Figueiredo Viana says:

    Mais comparar civilizações vikings com sociedades luso amerindias afro peseudo européias me parece uma temeridade? quero parabenizar pela lucidez Ricardo Loureiro.o seu diagnóstico ´pe preciso. os estágios de ambas as sociedades são totalmente distintos uma esta presa a leis e valores do sec dezenove outra ja esta no sec vinte e dois.

  18. Paulo Carvalho says:

    Para que lado querem ir ? do lado da evolução ou do retrocesso ? Analisando países onde o trabalhador é valorizado ou onde o trabalhador é ainda uma peça na engrenagem ? India e China são esses exemplos péssimos. Se não somos a Suecia (ainda) que sejamos no futuro o mais breve. Que se invista na produtividade com mais educação e não na jornada de trabalho o que não elevará o país a médio e longo prazo a lugar nenhum. Que não se aproveitem e se deixem levar por aqueles que só tem a ganância como aliada( sempre ela).

    • Paulo Carvalho says:

      Airton Marques Márcio Marques de Araújo Direitos do trabalhador fazem parte dos direitos humanos. Aqui ainda temos trabalho escravo e semi-escravo os discursos de jornada e pressão para a produtividade são o péssimo exemplo que certamente piorará a qualidade e mesmo a produtividade. A Suecia para quem não sabe não era essa maravilha a 60, 70 anos, mas mudou, investiu onde deveria. Lá também havia pressão e ganância nesse mesmo sentido que querem dar aqui. A Coreia também conseguiu o mesmo e diferente da China onde a qualidade do trabalho e benefícios praticamente não existem e essa bomba armada da repressão chinesa ao trabalhador ainda vai explodir.

    • Paulo Carvalho says:

      É isso e não há outra saída Jean Meira. Precisamos ter esse pensamento mais consciente. Não é teoria e sim a prática do que aconteceu em muitos paises. É um caminho mais longo no tempo sem dúvida e quanto mais cedo realmente se investir maciçamente na estrutura da educação as oportunidades surgem por si sós. Ao contrário do que muitos pensam como sendo um discurso socialista é muito mais um discurso de investimento das empresas e empresários de visão que podem crescer muito mais com a maior qualidade no trabalho. Esse discurso atual de aumento da jornada se servir para algo certamente é de curtíssimo prazo e só visa o lucro e reerguimento rápido. Nao tendo sustentação trará de modo geral mais prejuízo.

  19. Jean Meira says:

    Não… a Suécia é rica devido a seu mercado livre no passado… Ou seja, acumularam capital só para depois redistribuir… só que eles já estão revendo esses “direitos”…

  20. Jean Meira says:

    Outra coisa , o economia da Suécia e dos paises nordicos é muito mais livre que a do brasil.. não existem encargos trabalhistas, salario minimo, impostos sobre PJ muito mais baixos, burocracia muito menor…

  21. Marcelo de Freitas says:

    Suécia teve 1 século de CAPITALISMO ABERTO ? entre 1850-1950. Com mais de 2 gerações suportando tal sistema, migra-se da pobreza (estado natural dos povos) para a fartura (sociedade produtiva). Autor austríaco Ludwig Von MISES o demonstra em suas obras.

  22. Eliane Policastro Pessoa says:

    Não que eu concorde ou ache saudáveis estas mudanças propostas, mas o Brasil não é a Suécia, e com certeza lá não estão afundados pela corrupção e pelo desgoverno. Tenho convicção que mais horas de trabalho não significam aumento na produtividade por tudo o que já vi e vivi. Talvez políticas de formação e incentivos possa ir transformando a mentalidade e o desempenho do trabalhador brasileiro em direção à uma melhor produtividade.

  23. Allan Coelho says:

    Suécia, que por causa da economia movida por ideologia socialista está encolhendo?
    Bem, não está na contra mão do Brasil não. Só é historicamente(pelos últimos 60 anos) mais rica.
    Mas está no caminho da pobreza.

  24. João Guilherme Alvarenga says:

    Aqui só falta vontade política e atitude da população em prol do país…temos a faca e o queijo nas mãos !!!
    Tirar um presidente por motivo torpe e falso é muita falta d maturidade…sem falar dos corruptos q assumiram os cargos estratégicos dos ministérios !!!

    • Welckson Valentim says:

      Triste é pensar: quando comecará a valorizacao da sociedade brasileira, a cada dia a sociedade se torna alvo de exploracao politica…
      Significado de politica no Brasil, beneficios particulares vitalicio, independente das necessidades populares.
      Hoje meu sentimento é de vergonha sobre o nivel de qualidade politica que atingimos

  25. Ane Rossoni says:

    O povo brasileiro é um dos que menos trabalha em hrs semanais, isto deveria mudar assim como o salário que teria que ser pago por hora trabalhada, quer ganhar mais…trabalhe mais!

  26. Waldir de Sousa says:

    Espere um pouco; está comparando Brasil com Suécia? Culpando um governo de dois meses pela bancarrota do Brasil? A corrupção é igual nos dois países?a industrialização é igual nos dois países? O nível cultural é igual?Trabalhar 30 horas por semana seria um sonho. Médico habitualmente trabalha 60horas. Acorda gente, pra aposentar precisa poupar antes, para dormir na cama boa é preciso comprar antes.

  27. Luca Vianni says:

    Claudia Wallin. Saiba que vc está dando uma puta contribuição ao processo evolutivo da sociedade brasileira com essas intervenções neteanas. Que continue sua saga. Vc semeia agora feitos que serão colhidos adiante – independente de quando será essa colheita. Mas seguramente é uma excelente contribuição histórica. Pudera tivéssemos outras atuações do mesmo naipe oriundas de outros paises pra somar com as suas e estabelecer um conjunto eficaz de informações éticas, lúcidas e honestas. Salve a fraternidade internacional!! o/

  28. Wellington Paula E Sousa says:

    Primeira situação: um trabalhador da Suécia é comprometido com os resultados da empresa, logo em seis horas a produtividade é muito maior em qualidade e quantidade dos trabalhadores de oito horas; Segunda questão: Os impostos são elevadíssimos, porém, todos pagam e recebem os benefícios descritos na reportagem; Observem que não há nada de graça, ou totalmente grátis. Sempre existe a contribuição individual para que a pessoa entenda que aquilo não cai do céu nem é de graça; Para adquirir esse nível de primeiro mundo e esse envolvimento com a própria sociedade, estamos muito longe, pois não temos essa capacidade de educação e o nível social que eles atingiram. Lá ninguém recebe bolsas famílias e outros mimos para ficar sem trabalhar., Todos fazem parte da cadeia produtiva para que possa receber seu quinhão. Somos completamente diferentes e opostos da Suécia.

  29. Dm Fonseca says:

    Comparar Brasil Com a Suécia e como comparar o país mais pobre da África com o Brasil, num país como a Suécia onde o idh é altíssimo e portanto pode ter as leis que tem, e um Brasil que tem um idh baixíssimo e que leis muito rígidas só traz desemprego

  30. Adriana Félix says:

    Não concordo, as leis trabalhistas no Brasil só contribuem para malandragem daqueles que só querem “emprego” e não serviço, os empresários estão não suportam mais tantos encargos, e sucumbem ao fracasso, gerando desemprego, miséria, violência, etc.
    O Brasil deveria seguir o exemplo dos EUA, um país que gera renda e o mercado é crescente.

  31. Selma ZMedeiros says:

    Parabéns para a Suécia!!! SEM NOÇÃO, traçar paralelo entre as leis trabalhistas da Suécia e Brasil … Brasil tem que engatinhar muito, aprender muito e só assim construir as condições ideais para adquirir o direito de uma jornada de 6 horas.

  32. José Sotilo says:

    Pare a roubalheira, diminua o número de deputados e senadores, privatize estatais, coloque uma administração privada nas repartições publicas, acabe com o direito adquirido de emprego, etc ……., e esse Temer vai parar de falar abobrinha. Jogam a culpa em produtividade, quando o problema do país está na administração publica em todos os níveis. O problema do Brasil está na sua divida interna. Com uma economia falida, não há arrecadação suficiente para cobrir as despesas enormes do governo.

  33. Marilza Marabolim says:

    Zilda:fazer esse tipo de comparação é sem sentido.O País em questão é 1º Mundo população, infinitamente menor do que a nossa;europeu,,etc,etc,Comparações devem ser feitas com países de 3º Mundo.Comparação pode ser aceita com países asiáticos ( é claro tirando o Japão)

  34. Ângelo De Sousa Sousa says:

    Claudia wallyn la tbm por muito…muito.
    .muito menis de 790 bilhoes de.rombos nos.cofres publicos um gestor da republica ja estaria mofando na cadeia até a quinta geracao…e olhe que quem defende tbm entra no rol de picaretas…
    Se quiser botar o chapeu esteja a vontade

    • Edson Galante Guedes says:

      Não tem como. Inclusive o fator moral e ético, intrínseco na cultura de cada um, os fazem bem diferentes de Nós. Eles, por exemplo, tendo que estudar e trabalhar, jamais elegeriam alguém sem estudo e que detesta trabalho.

  35. Edson Galante Guedes says:

    O fato é que, com os treze anos do governo do PT, ficamos muito mais próximos da realidade de países bolivarianos como Cuba, Venezuela e Bolívia e muito mais distantes dos países escandinavos, cujo modelo nórdico, ou social democracia (não confundir com socialismo – regime infuncional) ou capitalismo nórdico, alavanca a economia desses países a altos níveis. Alguém citou a questão da industrialização. O Brasil possui muito mais indústrias que qualquer um país nórdico, o que ocorre é que devido às condições climáticas, questões de ordem geográfica e altos impostos, eles preferem transferir suas fábricas, incluindo matriz, para países onde os impostos são mais em conta e outros fatores são favoráveis (ex. Fiat Lux, Electrolux, Saab-Scania, Volvo, etc).

  36. Roberto Allodi says:

    E o típico artigo que induz o leitor ao erro .A Suécia já era uma nação desenvolvida a 50 anos, aliás era a primeira , hoje não está nem entre as 10 primeiras, e um pais que concentra poucas empresas , maioria multinacionais com participação do governo na maioria. Está fórmula funcionou por que era um pais extremamente liberal, com uma educação altamente qualificada, uma população culturalmente homogênea, com princípios éticos bem incorporados.No Brasil formado por várias culturas, sem educação e com o estado já muito intervencionista e impossível usar o exemplo sueco .

  37. Alvaci Richter says:

    Claudia Wallin, sempre fui sua fã e concordava com as bandeiras que as defendia. Mas ultimamente tenho notado que você regrediu e só faz críticas ao nosso Governo Interino Temer. Não votei nele e nem nos Petralhas nunca. Mesmo assim prefiro milhões de vezes a Michel Temer do que Lula E Dilma. A pergunta que não quer calar, quanto você está ganhando do PT para malhar o nosso atual governo ?

  38. Sérgio Ribeiro says:

    Essa discussão no Brasil está toda errada. Nem vale a pena insistir. Agora, querer comparar a Suécia com o Brasil, desse modo tosco, não dá, né? A produtividade brasileira, além de ser infinitamente inferior à sueca, está em queda (mais uma ótima realização do governo Dilma). São realidades completamente distintas. Se for pra fazer uma comparação minimamente esclarecedora, seria interessante saber qual era a produtividade do trabalhador sueco quando sua jornada de trabalho era de 8 horas diária (como é a jornada hoje no Brasil).

    • Marilena Corsetti says:

      Mas se a sugestão do senhor ministro tiver alguma chance de ser implementada…o desemprego ira desandar a niveis muito elevados…pois pela colocação de pensamentos dos anti Democracia ainda há muito escravagista e puxa sacos nesta terra! Seis horas de trabalho podem reduzir o desemprego e mesmo que com acordo de redução salarial compensatória, melhoraria a qualidade de vida das pessoas!

  39. Alexsander Garcia says:

    Claudia Wallin suas matérias são sempre oportunas, esclarecedoras e mostram a realidade de um país justo, igualitário e desenvolvido, o que inevitavelmente incomoda a muitos que como você bem colocou, querem que o Brasil volte a idade da Pedra Lascada, lascando cada vez mais o trabalhador. Não sei há quanto tempo você não vem ao Brasil, mas isto aqui está ficando insuportável o grau de irracionalidade das pessoas e aversão aos direitos sociais garantidos pela CF de 1988 chegou a um extremo tal que já chegam a chama-lá de esquerdopata. Lamento pelos comentários desagradáveis, mas são uma pequena mostra do que se vê no Brasil as pessoas torcem para que países exemplo de justiça, igualdade e oportunidade deem errado, só para satisifazeremo seus egos pequenos e egoístas. Claudia Wallin creio que este seja um tema interessante para o seu próximo livro como a imprensa brasileira idiotizou uma nação do tamanhao do Brasil na qual as pessoas admitem até a privatização do sistema de saúde, das universidades públicas e concordam como tolos com a redução dos direitos trabalhistas. Parabéns pelo seu trabalho e por mostrar a um país ignóbil e inculto o que é civilização e justiça social.

  40. Jose Antonio says:

    O sindicato foi criado para lutar em benefício dos trabalhadores, e na realidade não o faz. Só explora os trablhadores com a contribuiçao obrigatória. Na maioria das vezes , o sindicatos são dirigidos por corruptos que só interessam no dinheiro dos trabalhadores. Muitas vezes não tem democracia no sindicato, o Presidente fica até morrer , e depois que morre passa para algum membro da família. “Boas intenções tem sido a ruínas do mundo. As únicas pessoas que realmente fizeram qualquer coisas foram as que não tiveram intençoes algumas”. Oscar Wilde

  41. João Calais says:

    PQP,que comparação!!Comparar o oi do sol ,com o oi do cú!!!Vamos cair na real,temos que trabalhar e é muito,trabalho desde os 15 anos,aposentei e continuo firme no trabalho,é nossa única saída!!!

  42. Dibo Amorim Cuba Filho says:

    Só que lá seis horas trabalhadas, são seis hora de produção, trabalhadas mesmo, aqui com 8h, não produzimos na mesma proporção deles. O trabalhador brasileiro é muito improdutivo, produz pouco porque produz mal, há muito retrabalho.

  43. Laercio Natal says:

    Claudia, muita coisa que você escreveu é verdade. Por circunstancia, posso lhe dizer que conheço muito bem a Suécia. Você mostrou um lado “socialista” da Suécia que é (predominantemente) verdade….. mas antes, eles tiveram que construir um sistema “capitalista” para “suportar” tudo isso. Benefícios não caem do céu, não basta simplesmente aplicá-los por “decreto”, isso não existe. Por outro lado, mesmo esse lado “socialista” tem um lado não tão bom. De qualquer forma, sempre acho que o Brasil caminha da direção errada.

    • Laercio Natal says:

      Sam Emerick, resumidamente: tributação altíssima que desestimula a ascensão profissional; a família padrão não vive só com o salario de um cônjuge; você trabalha menos na empresa, mas na sua vida pessoal praticamente faz tudo que aqui se terceiriza; jantares em restaurantes só em ocasiões muito especiais; Tudo bem, se comparar com a vida de um pobre daqui, é o paraíso; se comparar com a classe média (mesmo a baixa) acho pior. É claro, que esses julgamentos envolvem um forte componente cultural.

    • Marcos L. Silveira says:

      A Suécia é uma monarquia parlamentarista capitalista.
      Onde os meios de produção estão em mãos da iniciativa privada.
      Para ser socialista, teria obrigatoriamente que ser uma ditadura proletária (segundo os próprios Marx e Engels) onde todos os meios de produção estariam sob controle total do estado.
      O fato de possuir um estado inchado e intromissor, não é o suficiente para caracterizar um regime socialista …

  44. Ana Angélica says:

    O neoliberalismo desmonta as empresas púbicas, como os golpistas estão fazendo com a PETROBRÁS, lançam uma campanha suja para desmonte das empresas com o objetivo de inviabilizá-las e desacreditá-las perante a opinião pública, criando assim o contexto favorável ao entreguismo e a privatização.O neoliberalismo é o modelo mais cruel e desumano de capitalismo -transforma Direitos e gente em mercadoria para servir ao rei absolutista chamado mercado. Sem dúvida, alguns se beneficiam com a extinção do Estado democrático de Direito, mas nunca é o trabalhador. Quem se beneficia são os já secularmente privilegiados – os grandes empresários e as elites financeiras que vivem das especulações e operações do mercado.Temos um exemplo bem recente que ilustra a ganância das privatizações: a Mineradora Vale do Rio Doce, uma das maiores do mundo , vendida por FHC a preço de banana. Deu no que deu. causou um dos maiores desastres ambientais dos últimos tempos, provocando mortes , desemprego e desespero . A sede de lucro era tão grande, que funcionavam de forma negligente , a ponto de nem sequer terem um sirene para alarme em situações de risco.Essa decantada eficiência das empresas privadas é falácia e faz parte do engôdo. É só prestar atenção á “eficiência” das telecomunicações no Brasil, também privatizadas por FHC.Quem quiser que se iluda e , na ganância, pense que vai ser valorizado pelo mercado que funciona assim : Ou cumpre metas a cada dia mais desumanas para o lucro do patrão, ou cai fora, com uma mão na frente outra atrás. A propósito, tem um livro de José Saramago – A Caverna, que é uma metáfora brilhante desse contexto devastador promovido pelo estado mínimo neoliberal.Leiam.

  45. Graça Lisboa Pinto says:

    Essa blogueira lá na Suécia, é só comparando……..Uma pergunta: Aí na Suécia tem presidente ladrão, que tem muitos amigos generosos, que os filhos nunca estudaram ( como o pai), mas que são milionários?? Responde aí ô Claudia Wallin!!!!!!!

  46. Cristina Carvalho says:

    Seria bom se pudéssemos nos igualar à Suécia, mas com a recessão que os governos petistas nos impuseram, a nossa renda per capita ficou muito aquém da deles. A Suécia tem renda 4 vezes maior que a nossa e é cinco vezes mais rica que nosso país.
    Podemos dizer que o PT nos retrocedeu à Pré-Historia, assim, precisamos voltar a ter superávit.

  47. Wagner Vieira de Carvalho says:

    Wallin, parabéns pelos seus ótimos artigos! Li seu livro e, se pudesse, doaria um exemplar para cada brasileiro. A Suécia é um exemplo de que viver em um país igualitário, humanista e justo não é utopia.

  48. Mauricio Pereira says:

    E antes que comecem a dizer FORA TEMER e VOLTA DILMA vale lembrar que na Suécia não vigora o comunismo e portanto é plenamente possível se ter um Estado que priorize o DESENVOLVIMENTO SOCIAL COM RESPEITO A LIBERDADE E A INICIATIVA PRIVADA, mas sem a CANALHICE dos nossos políticos !

  49. Marilza Maria Spinassé says:

    Questão de consciência. Enquanto Suécia consegue enxergar o óbvio, os golpistas só enxergaam o próprio umbido. Suécia os deputados tem salário equivalente a um professor, direitos a moradia, quando realmente necessitam é um quartinho, não tem veículo pago pelo governo…é um servidor , um ‘funcionário do povo”..Muito diferente do Brasil, em pleno século XX o vicio no Brasil continua…Querer ampliar carga horário de trabalho é simplesmente visar aumento dos lucros com as doenças….Quanto retrocesso…

  50. Jairo Trindade Rodrigues says:

    AH MEU AMIGO EDGAR VOCÊ FICA VENDO ESTE TIPO DE POSTAGEM E LOGO VÊ QUE SE TRATA DE UM PAÍS SÉRIO E O QUE ME REVOLTA É DE QUE TEM UNS BOSSAIS QUE AINDA ACHAM TUDO UMA MERDA E QUE O GOLPISTA ESTÁ CERTO. NÃO PASSAM DE UNS TROUXINHAS A SERVIÇO DO MAL OU ENTÃO NÃO PRECISAM MAIS TRABALHAR SÃO RICOS E TALVEZ ATÉ TORÇAM POIS NÃO TERÃO MAIS QUE FAZER IR, COISA QUE SÓ OS POBRES TERÃO QUE DECLARAR PARA PODER PAGAR AS SANDICES DESTES MEGALOMANÍACOS.

  51. Edna Amorim says:

    A você que montou uma lojinha ou uma pequena empresa que seja e pediu “fora Dilma” e pensou que ganharia mais dinheiro sem o PT; a você que entrou na universidade e pediu “fora Dilma” e pensou que iria pro exterior pelo Ciência Sem Fronteiras sem o PT; a você que pensou em fazer mestrado, doutorado ou pós-doutorado, pediu “fora Dilma” e pensou em estudar com bolsas do CNPq ou CAPES sem o PT; a você que comprou um carro zero financiado, pediu “fora Dilma” e pensou ser rico sem o PT; a você que estava empregado e recebia um bom salário, pedia “fora Dilma” e pensou que manteria seu emprego e seu poder de compra sem o PT; a você que comprou celular caro, comprou casa e viajou de avião pela primeira vez, pediu “fora Dilma” e pensou ser elite sem o PT; a você que se formou em medicina, odontologia, engenharia, e qualquer outra coisa pelo FIES, pediu “fora Dilma” e pensou em ganhar muito dinheiro sem o PT, sinto dizer: você vivia num país de sonhos com o PT e não sabia. LULA foi o nosso American Way of Life e você não sabia… A você, preciso dizer: deveria ter se informar antes de ter apoiado o inferno do GOLPE, porque agora, você viverá no inferno em que viveram milhões e milhões de pessoas no Brasil quando era o PSDB que estava no poder! Por João Joao Vascello Sobrinho Vascello

    • Eduardo Londero says:

      Não é a honestidade que faz as pessoas ricas, é um processo no qual ambas as coisas acontecem juntas. Mas antes de mais nada os suecos garantiram sua Soberania. Nunca se vergaram aos de fora. Soberania vem antes de honestidade, que é mero valor básico para convívio social, não tem nada de extraordinário, mas é empregado como material de propaganda por gente desonesta.

  52. Jose Francisco Spin says:

    devem ter benesses sociais para tanto trabalho, culturas muito diferentes, não sabemos muito sobre a qualidade de vida deles, certamente melhor que a maioria do povo brasileiro na questão da produtividade e educação, para dizer o mínimo, precisamos nos qualificar, mas da melhor maneira ocidental.

  53. Anderson Santos says:

    A qualidade de vida lá é melhor porque o lixão deles é o Brasil. Lá eles não plantam soja para alimentar as vaquinhas deles, nem algodão para fazer suas roupas. Importam baratinho o farelo e os tecidos do Brasil, enquanto a contaminação de agrotóxicos, os latifundiários e todos os problemas ficam aqui na terra dos idiotas. As multinacionais extraem nossos minérios, nossas madeiras e contaminam nossos rios. Agora será a vez do pré sal, que o TEMER já vendeu parte de mão beijada para uma empresa europeia. Agora com o maggi de ministro da agricultura só esperem,…a vida na europa vai ficar cada vez melhor, enquanto o agricultor familiar brasileiro morre de fome. Valeu coxinhas!

  54. Sávio Assunção says:

    Regime de governo: monarquia parlamentarista

    Orientação política dominante: social-democracia

    Parece que alguns brasileiros querem fazer propaganda sobre os resultados obtidos por outros países sem verificar os caminhos que eles seguiram.

  55. Enio Oliveira says:

    Porque não comparar o trabalhador sueco ao cubano ou venezuelano ,que é para onde caminhávamos ,o maduro também reduziu a carga horária para economizar energia. Os críticos do governo atual cobram o “wellfarestate” mas nos levavam em direção à venezuela .

  56. Carlos Alberto Figueiredo Viana says:

    Estado não gera riqueza, meu amigos, para viabilizar qualquer ação, as extrai os meios (impostos) de quem produz e trabalha no setor privado. Pesquisa recente junto a 3000 pacóvios nacionais feita por Instituto de pesquisas no Paraná não é no Acre, constatou la que 51 % dos descerebrados de la nã querem a privatização de estatais, deu para perceber nosso tribalismo mental ou é necessário desenhar.?

  57. Rômulo Silva says:

    Diário do Cu do mundo, como veio para na minha página? quanto mentirada junta Meu Deus. Os encargos sobre o setor produtivo na Suécia estão entre os menores considerando os países ricos.. Nem salário mínimo existe por lá. Aposentadoria aos 70 anos.. bando esquerdistas vagabundos

  58. Irma Léa Ramos says:

    O grande mal do Brasil são os próprios brasileiros, que não sabem votar. Votam a troco de dentaduras, bolsa familia, cesta basica e favores prestados e não por ser um político decente e disposto a trabalhar para o povo em favor do povo e pelo Brasil.
    O politico quer ficar rico e enriquecer. a familia, usar tudo que não tem direito com nossos impostos, tipo carro, combustivel e tudo que possa levar vantagem
    Cambada de calhorda.

    • Ismael Montera Verrastro says:

      Vomitou só preconceitos… Até parece que a classe média que sai na micareta de verde e amarelo sabe votar. Essa desgraça toda é muito mais por causa de assalariado analfabeto político que pensa que é rico e foi pedir golpe nas ruas.

    • Ramalho Neto says:

      Como votar certo tendo um sistema eleitoral todo maquinado e não tendo nem o direito de refulgar os candidatos, sendo obrigado a votar em bostas comunistas de um lado ou de outro. Como ousas em culpar a população refém do crime organizado…. VTC!!!

  59. Alair Cavallarojr says:

    (E certamente não tem uma BOSTA chamada ce ele te, atraso de vida travestido de benefícios.) Editando após ler o texto. Bom, não entendi se foi publicado por Claudia Wallin, para o DCM ou foi retirado por ela para postagem, mas vejo que há informações equivocadas, sobre a questão do aumento da hora trabalhada supostamente atribuida a CNI, é inverídica, bem como outros fatos ali relatados, mantenho minha opinião sobre a qualidade de nossa CLT, e observo que em TREZE ANOS de caos do pete não foi feita nenhuma melhoria em questão de horas trabalhadas e outros assuntos relatados como benéficos no texto. Agora, dizer que 1% dos trabalhadores brasileiros não é sindicalizado é RIDÍCULO, pois qualque cidadão que trabalha sabe que tem um dia de trabalho RETIRADO COMPULSORIAMENTE de seu salário uma vez por ano, concorde ou não com ao sindicato que lhe é atribuido.

  60. Rob Son says:

    Já é entendimento nas empresas mais produtivas do mundo que uma menor carga horária de trabalho (6h no mínimo) resulta em mais produtividade dando mais lucro pra empresa.

  61. Jônia Barbosa says:

    Como perder tempo em se comparar a um país que está a um século na nossa frente em educação. Resta poucas opções!
    Vamos deixar de mimimi e lutar pelas nossas reformas e melhorias sem dar passos maiores que as pernas!
    Quem sabe daqui a cem anos seremos uma bom exemplo para alguém!

  62. José Roberto Amorim says:

    E mais O estouro da bolha imobiliária causada pela oferta excessiva de crédito, combinados com uma recessão internacional e uma mudança das políticas de antidesemprego às de políticas anti-inflacionárias resultaram em uma crise fiscal no início dos anos 1990.[6] O PIB da Suécia diminuiu cerca de 5%. Em 1992, houve uma desvalorização da moeda.[7][8]

    A resposta do governo foi cortar gastos e instituir uma série de reformas para melhorar a competitividade da Suécia, entre elas a redução do Estado de bem-estar social e a privatização dos serviços e bens públicos. Grande parte do poder político promoveu a adesão à União Europeia e um referendo aprovou a adesão à UE, com 52% de votos favoráveis, em 13 de novembro de 1994. A Suécia aderiu à União Europeia em 1 de janeiro de 1995.

  63. Sergio Teixeira says:

    Não dá para comparar as condições governamentais entre o Brasil e a Suécia. O país lá é menor, a densidade populacional também é menor, o índice de capacitação individual é muito maior, os salários muito maiores, melhores moradias, melhor transporte, um sistema de saúde decente, etc, etc, etc, etc, etc, etc, etc. etc. etc…

  64. Jose Barbosa says:

    Pobre Brasil; Quem não rouba e não gosta de bandidos é tachado de : Coxinha, analfabeto politico e mais um monte de imbecilidades. O alfabetizado politico nesse contexto, é um imbecil com discurso de esquerda e prática de cavalo de carroça. ” só enxerga em uma direção” A esquerda na america latina só produziu; Ladroes e vagabundos travestidos de movimentos sociais.

  65. Celso Kachvartanian says:

    Na Suécia, as leis trabalhistas são mais favoráveis porque também são mais favoráveis também a burocracia e a tributação para as empresas. O governo sueco não trabalha contra as empresas, a política econômica na Suécia é de desenvolvimento e visa ajudar, e não atrapalhar como o governo brasileiro. Não tem sentido diminuir as horas de trabalho no Brasil, sem fazer uma reforma trabalhista.

  66. Elvis Pfützenreuter says:

    O modelo deles não é drop-in para nosso país, nem vice-versa. É um país com a população de Santa Catarina, homogeneidade étnica, e quem se destaca na sua profissão muitas vezes vai trabalhar nos EUA, onde não há direito nenhum.

    • FERNANDO ÓSIO says:

      ENTÃO TU ACHAS QUE O SISTEMA DA SUÉCIA É COMUNISTA??????

      BOM,ERA O QUE SE QUERIA CONSTRUIR NO BRASIL ,MAS OS BRASILEIROS COMPRARAM A IDEIA DO SOU CONTRA O BOLSA …….FAMÍLIA,ESPORTE,CURSO TÉCNICO,EDUCAÇÃO SUPERIOR ETC… COISA DE COMUNISTA NÉ.

    • Benedito Eduardo Gonçalves says:

      Zacarias Car Olá Sr zacarias . Pelo que eu entendi a Suécia alem das multinacionais tem também empresas estatais bem gerenciadas. No Brasil quase não temos multinacionais oriundas do Brasil , mas tinhamos grandes empresas estatais como a Vale do Rio doce QUE PASSOU para um grande grupo empresarial e outras como a Cia siderúrgica nacional etc .Foram praticamente doadas ,e o brasil ficou na m como sempre, Na Suécia jamais iriam doar grandes companhias do povo para um grupo empresarial . O que ganhamos com isso a não ser ficarmos eternamente dependentes dos USA. Veja a Embraer que praticamente é dependente do mercado americano . Para fazermos um avião de última geração teremos que compra lo da Suécia. Que vergonha para o ITA.

  67. Vânio T. Freitas says:

    Eu ainda prefiro o Brasil mesmo com todas as deficiencia, sabe por que? Por que sou brasileiro e não desisto NUNCA! Temer melhora esse país que eu quero ver a Suécia começar a copiar nosso moldelo.

    • Alessandra Claro says:

      Vamos nessa! É sério ! Tenho vários amigos brasileiros que saíram do Brasil e foram morar nos EUA, Austrália e os meus primos que moram na Alemanha desde os 18 anos e só vem no Brasil para visitar! E um amigo que está indo para o Canadá Pq o contrato dele vai acabar esse mês. O Brasil é bom para os políticos safados e corruptos! O povo só toma! Estou de saco cheio do governo encobrir e proteger uma mídia tão corrupta Qt ele! Espero estar errada Qt as minhas conclusões, mas prevejo o pior para o nosso país! Esses processos como outros, vão acabar em pizza e o dinheiro gasto para que politicos apareçam e sejam conhecidos pelo povo brasileiro vai custar caro para nós!

  68. rosangela says:

    Tenho vergonha de ve a imundice que esses politicos corruptos fazem com nosso País e a covardia que faz com o povo. A verdade é uma só somos escravos dos grandes empresários e cobaias para os políticos sem compromisso, responsabilidade , decência , caráter e principalmente honestidade

  69. Leda Kfouri says:

    Parabéns por suas matérias esclarecedoras sobre um país de primeiríssimo mundo! Estive recentemente na Suécia e na Dinamarca e fiquei absolutamente encantada! Infelizmente, no Brasil, estamos de volta à Idade da Pedra Lascada… o pouco que o País andou para a frente nos últimos anos, com avanços sociais, com a saída do mapa da fome, reconhecido pela Onu, será perdido com o governo roubado, sem votos nas urnas e com um programa retrógrado como voce vem acompanhando. Temos problemas sérios, com uma elite economica que não se conforma com a ascensão social do povo, uma elite escravocrata e egoísta, aliada a uma mídia que só defende seus interesses e sempre apoiou golpes de estado no Brasil, um poder judiciário totalmente partidarizado e um poder legislativo corrupto…. Estamos perdidos porque nenhum dos tres poderes de uma Democracia estão funcionando

  70. Hugo Leal says:

    O modelo sueco obtém resultados excelentes, isso é inegável. Apesar disso, além dos pontos destacados no texto, devemos ter sempre em mente que a economia sueca é uma das mais liberais do mundo, o que mantém o seu alto nível de inovação e competitividade. Por falar em liberalismo, fica clara a relação entre ele e desenvolvimento de um país quando analisamos o ranking mundial desse item entre as diversas nações do globo: http://www.heritage.org/index/ranking

  71. José Alves says:

    Engraçado que criticam a reforma trabalhista por causa das flexibilizações, e citam logo a Suécia, que é um dos países mais flexíveis quanto a isso. O exemplo dado da empresa que vai testar uma jornada de 30h semanais veio da própria empresa, não foi a mando do governo. Aqui no Brasil a CLT atual nunca deixaria esse tipo de coisa acontecer.

    Note que o principal ponto da reforma trabalhista é a negociação dos sindicatos com os patrões. E o que temos na Suécia? Segundo o próprio texto:
    “Os salários são negociados através de cerca de 600 acordos coletivos”
    “O pagamento de horas extras também é regulamentado pelos acordos coletivos,”

    pois é. Desde o governo FHC, passando pelo Lula (a Dilma não tocou nesse assunto) e agora o Temer, o povo tenta deixa as leis trabalhistas brasileiras um pouco mais parecidas com as leis suecas, mas o legislativo até agora não permitiu (as boas peças do legislativo xD), e vcs de esquerda, que usam a Suécia como exemplo, são contra xD

  72. Jocinei Godoi says:

    Certamente, a classe política da Suécia é muito menos inchada e deve custar muito menos que os nossos políticos mais caros do mundo! Certo?

  73. gamefly says:

    Thank you for some other great post. The place else may anyone get that type of
    information in such a perfect means of writing?
    I’ve a presentation next week, and I’m at the search for such info.

  74. mojang minecraft download says:

    An impressive share! I’ve just forwarded this
    onto a colleague who was doing a little research on this.
    And he actually bought me breakfast simply because I discovered it for him…
    lol. So allow me to reword this…. Thanks for the meal!!
    But yeah, thanks for spending the time to discuss this topic
    here on your website.

  75. free minecraft says:

    My partner and I stumbled over here by a different
    page and thought I might check things out. I like what I see so i am just following you.
    Look forward to looking at your web page repeatedly.

  76. g says:

    Having read this I believed it was very enlightening.
    I appreciate you spending some time and energy to put this short article
    together. I once again find myself spending way too much time both reading and leaving comments.
    But so what, it was still worthwhile!

  77. minecraft free download says:

    Write more, thats all I have to say. Literally, it seems as though you relied
    on the video to make your point. You definitely know what youre talking about,
    why throw away your intelligence on just posting videos to your blog when you could be giving us something informative to read?

  78. minecraft download free says:

    Hey I know this is off topic but I was wondering if you
    knew of any widgets I could add to my blog that
    automatically tweet my newest twitter updates.
    I’ve been looking for a plug-in like this for quite some time and was hoping maybe you would have some experience with something like this.

    Please let me know if you run into anything. I truly enjoy reading your blog and I look forward to
    your new updates.

  79. gamefly free trial says:

    Just desire to say your article is as astonishing.
    The clearness for your post is just excellent and that i
    could suppose you’re an expert on this subject.

    Fine together with your permission allow me to seize your RSS feed to keep
    updated with imminent post. Thank you a million and
    please keep up the gratifying work.

  80. how to get help in windows 10 says:

    It’s a pity you don’t have a donate button! I’d most certainly donate to
    this outstanding blog! I guess for now i’ll settle for bookmarking and adding your RSS feed to my Google account.
    I look forward to fresh updates and will share
    this blog with my Facebook group. Talk soon!

  81. gamefly free trial says:

    Fantastic beat ! I wish to apprentice while you amend your site,
    how can i subscribe for a blog website? The account aided me a
    acceptable deal. I had been a little bit acquainted
    of this your broadcast offered bright clear concept

  82. gamefly free trial says:

    Have you ever thought about adding a little bit more than just your
    articles? I mean, what you say is important and all. Nevertheless just imagine if you added some
    great pictures or videos to give your posts more, “pop”!
    Your content is excellent but with images and video clips, this website could
    certainly be one of the very best in its niche. Amazing blog!

  83. gamefly free trial says:

    We are a group of volunteers and starting a new scheme in our community.
    Your web site offered us with valuable information to work on. You have done an impressive job
    and our entire community will be thankful to you.

  84. gamefly free trial says:

    I have been exploring for a little for any high-quality articles or weblog posts
    in this kind of house . Exploring in Yahoo I finally stumbled upon this website.
    Reading this information So i am satisfied to convey that I’ve an incredibly just right uncanny
    feeling I came upon exactly what I needed. I such a lot definitely
    will make certain to don?t fail to remember this web site and give
    it a look on a constant basis.

  85. gamefly free trial says:

    Hmm is anyone else experiencing problems with the pictures on this
    blog loading? I’m trying to figure out if its a problem
    on my end or if it’s the blog. Any suggestions would be greatly appreciated.

  86. gamefly free trial says:

    you are in reality a excellent webmaster. The web site
    loading velocity is amazing. It seems that you are doing any
    distinctive trick. Furthermore, The contents are masterwork.
    you have done a fantastic job in this subject!

  87. gamefly free trial says:

    I have been surfing on-line more than 3 hours these days, yet I by no means found any attention-grabbing article like yours.

    It is lovely worth sufficient for me. In my opinion, if all web owners and bloggers
    made good content as you did, the internet might be a lot
    more helpful than ever before.

  88. playstation 4 best games ever made 2019 says:

    Wonderful blog! Do you have any hints for aspiring
    writers? I’m planning to start my own website soon but
    I’m a little lost on everything. Would you propose starting with a free platform like WordPress or go for a paid option? There are so many choices out there that I’m completely overwhelmed ..
    Any recommendations? Cheers!

  89. quest bars cheap says:

    Hi there this is kinda of off topic but I was wondering
    if blogs use WYSIWYG editors or if you have to manually code with HTML.
    I’m starting a blog soon but have no coding expertise so
    I wanted to get guidance from someone with experience.

    Any help would be greatly appreciated!

  90. quest bars says:

    I don’t even know how I ended up here, but I believed this post was once good.

    I don’t recognise who you might be however certainly you’re going
    to a famous blogger if you happen to aren’t already.

    Cheers!

  91. tinyurl.com says:

    I really like your blog.. very nice colors & theme. Did you make this website yourself or did you hire someone to do it for you?
    Plz answer back as I’m looking to design my own blog and would like to find out
    where u got this from. many thanks

  92. quest bars cheap says:

    What’s Taking place i’m new to this, I stumbled upon this I
    have discovered It positively helpful and it has aided me out loads.

    I am hoping to give a contribution & assist other customers
    like its aided me. Good job.

  93. http://tinyurl.com says:

    Someone essentially help to make seriously articles I might state.
    That is the very first time I frequented your web page and up to now?
    I surprised with the analysis you made to create this actual submit
    extraordinary. Magnificent job!

  94. Pingback: Google

  95. natalielise says:

    Great post. I was checking constantly this blog and I am impressed!

    Extremely helpful information specially the last part :
    ) I care for such info much. I was looking for this particular information for a long time.

    Thank you and good luck. natalielise plenty of fish

  96. Pingback: Google

  97. dating site says:

    Excellent weblog right here! Additionally your site a lot up fast!
    What web host are you the usage of? Can I get your associate hyperlink for your host?
    I desire my site loaded up as quickly as yours lol

  98. plenty of fish says:

    Hey There. I found your blog using msn. This is a really well written article.
    I’ll make sure to bookmark it and come back to read more of your useful information.
    Thanks for the post. I’ll certainly return.

  99. plenty of fish says:

    Have you ever considered about adding a little bit more than just your articles?

    I mean, what you say is fundamental and everything. Nevertheless
    imagine if you added some great visuals or videos
    to give your posts more, “pop”! Your content is excellent
    but with pics and videos, this blog could definitely be one of the very best in its field.
    Very good blog!

  100. Pingback: Dentist in Chichester

  101. Pingback: Hostinga pakalpojumi

  102. Pingback: click here