Meritrocracia brasileira: filha do ministro Fux vira desembargadora no Rio

[show_fb_likes]
RADAR BRASIL
Dane-se a lei: Marianna Fux, 35 anos, não preenche um pré-requisito para concorrer à vaga de desembargador – que é comprovar ter dez anos ininterruptos de exercício da advocacia. Mas seu pai é Luiz Fux, ministro do STF. Ele teria feito diversas ligações para advogados e desembargadores responsáveis pela escolha, a fim de pressionar pela indicação da filha. Detalhe: o cargo de desembargador é vitalício.
 
Da Folha de S Paulo:

Pezão escolhe filha do ministro Fux como nova desembargadora no Rio

O governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, escolheu, nesta segunda (7), a advogada Marianna Fux, 35, como nova desembargadora do Tribunal de Justiça do Rio. Marianna é filha de Luiz Fux, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).
A decisão do governador aconteceu horas depois de Marianna ser a mais votada na sessão do Órgão Especial do TJ do Rio. Ela recebeu 125 votos dentre os 143 desembargadores presentes.
Na sessão, 180 magistrados teriam direito a votar em três de seis nomes da lista encaminhada pela seccional Rio da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).
A Folha apurou que, em protesto pela presença de Marianna Fux na lista, 25 desembargadores deixaram de votar. A candidatura de Marianna foi contestada na seccional Rio da OAB por ela não comprovar o exercício profissional nos anos de 2007, 2008, 2009, 2010 e 2014.
Um dos itens do regulamento para concorrer à vaga de desembargador é que o candidato comprove dez anos ininterruptos de exercício da advocacia. Mesmo assim, o pedido de impugnação de sua candidatura foi derrubado na sessão da Ordem, em 25 de fevereiro passado.
Junto com o nome de Marianna, o governador recebeu ainda os nomes do advogado Genildo Castilho, que obteve 94 votos. Castilho é genro da desembargadora Regina Lucia do Passo.
Em uma segunda votação se chegou ao nome da advogada Kátia Junqueira, diretora jurídica da CEG (Companhia Distribuidora de Gás do Rio). Junqueira obteve 120 votos.
A data da posse de Marianna Fux ainda não está marcada.
9 de Março de 2016
…………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………
Veja o vídeo: Como vive um juiz da Suprema Corte da Suécia
 
Conheça “Um País Sem Excelências e Mordomias
 

712 thoughts on “Meritrocracia brasileira: filha do ministro Fux vira desembargadora no Rio

  1. Paulo Carvalho says:

    Qual e’ a isencao moral que pode existir em julgamentos ? Onde se esperava o exemplo se percebe que o que existe e’ o apadrinhamento. Como confiar em um poder que nao representa o exemplo de moralidade ?

  2. Anônimo says:

    Que exemplo destes ministros ? Nossa sociedade está condenada, um nepotismo maldito, STF aparelhado e com uma sede insaciável por benefícios vitalícios estendidos para toda a família, tudo acobertado pelo planalto em troca de favores. Para o rei e seus amigos tudo, para a plebe impostos, onde está a méritocracia? Onde está a CUT, MST, movimentos sociais que não vêem isto, que país de merda, a cada dia sinto mais nojo desta corja e parasitas infiltradas nos três poderes.

    • Luiz Gonzaga S Lima says:

      Colega, também acredito nisto, mas estas entidades fazem maior arruaça para defender bandidos, corruptos, fazem culto a personalidade, porque não lutar para defender o Brasil destes exploradores do povo, seja de direita ou esquerda, enquanto lutarmos por ideologias nunca mudaremos este país, passamos de eleitores a torcedores de partido. Vamos nos unir para fazer um país mais justo para nós, filhos e netos, esta corja que está no poder não vale nada, todos os poderes corrompidos. Fui petista desde a formação do partido, mas o mesmo se desviou dos princípios originais, da ética, moral e justiça e agora não passa de um antro de bandidos que se juntaram para saquear a nação, seriam mais úteis se lutassem para defender o Brasil da ignorância, do voto de cabresto, dos parasitas e sanguessugas da nação.

  3. Fernanda Bolívar Redondo says:

    Eu não sei do que eu me enojo mais, pessoas que vão bater panelas e saem as ruas dizendo que amam o país, mas num antagonismo gritante falam no sentido coletivo que o Brasil é uma porcaria, que “vou embora”, etc., ou a tal atitude do ministro.
    Isso é corrução praticada por um membro do judiciário. Não se aplica ao país todo.
    Agora, estão insatisfeitos? A porta da rua sempre será a serventia da casa. Fiquem a vontade para sair.
    Precisamos de mais ação e menos mimimi.

  4. Walter M. Porto Neto says:

    Dêem só uma olhada quanto ganha um juiz do trf4. Eles tiram de R$ 63 a 83 mil. Essa informação está no site deles. Se quiser consultar e não souber como, faça uma consulta no google, que lá eles mostram passo a passo.

  5. Juarez Oliveira says:

    A mesma elite (da burrice) que repudia “cotas”, “bolsas”, programas de inclusão social destinados à baixa renda, aplaude e sustenta o judiciário oligarca que se auto concede (sem limites) privilégios, benesses e beneficios em troca de “justiçamento” e julgamentos populescos.
    A “côrte” do Brasil colônia, nunca abandonou o país.

  6. Felipe Schroeder says:

    É ainda mais alarmante quando filhos de ministros ou desembargadores recém iniciados na advocacia cobram pequenas fortunas para apresentarem suas defesas perante os Tribunais tendo estrondoso êxito. Seria espécie de genealidade genética?

  7. Sebastião Correia da Silva says:

    Misturando-se com politicos corruptos, não é necessário saber nada, nem ter nenhum conhecimento e nem nenhum outro mérito, para se dar bem na vida. Afinal, estamos no Brasil, e, para acabar de atolar, no Brasil do PT, o partido que congrega mais pilantras, em toda a história republicana.

  8. Gislaine Romero says:

    Esses brasileiros são mt caras de pau! O cara sabe q ta errado, mesmo c toda essas investigações ocorrendo por lavagem, roubo de dinheiro, um MINISTRO nomeia sua filha patricinha pra um cargo q ela nem tem requisito pra preencher! Isso q é achar q somos idiotas mesmo! Pqp!

  9. Angela Silva says:

    Aqui no Brasil se vc for filho de algum político ficha suja ou de desembargador, não precisa estudar para fazer concurso, o emprego cai de paraquedas no seu colo sem esforço algum, triste se não fosse revoltante, queria q p mundo se acabasse e começasse de novo com outras mentalidades, pq do jeito q esta não dá para viver, é tanta safadeza q se nos brasileiros não tomarmos alguma atitude não vai parar, fico irritada só de pensar q tenho q perder o meu tempo em ir votar nesses ladrões q se candidatam com a maior cara de pai para nos roubar, por culpa de alguns q pouco conhecem o candidato mas mesmo assim votam e quem paga por isso somos todos nos,VERGONHA isso q sinto quando assisto as reportagens de outros países falando das sujeiras desses políticos q estão acontecendo aqui,e penso como vão levar nosso país a sério com os políticos q temos aqui???

  10. Wilma Adam says:

    Esse país real mente não muda… depotismo cruzado é para acabar do a moral dos coitados que se matam de estudar e são passado pRa trás por causa dessa tipo de polito agem na Cultura brasileira. Cansei de ver parentes de gerentes e diretores sendo contratos em empresas por QI e perceber que era irresponsáveis e incompetentes, pior de tudo com Costa larga. N

  11. Darlene Vieira says:

    O Judiciário no Brasil é intocável. O exemplo que ele deu foi fazer ameaças veladas aos advogados e desembargadores que “elegeriam” a pessoa que ocuparia esse cargo insinuando que eles deveriam votar se lembrando que tinham processos pendentes no STF. Esse é o exemplo! Esse país é um circo e nós somos os palhaços! 🙁

  12. Raimundo Neves Neves says:

    Conheço um negroide que vende água e amendoim em uma passarela na zona sul. Formou-se com este mísero recurso na faculdade de Direito. Conseguiu passar no exame da OAB na 6ª tentativa. Parabéns querido irmão!..Bem vindo ao mundo real.

  13. James Guedes says:

    Eu deixei de acreditar neste país, aqui tudo, no caso do alto escalão, gira a favor deles, por isso esta mer@$!& não vai para frente, é terceiro mundo e do jeito que vai sempre será país subdesenvolvido. Cada dia que passa tenho vergonha do que acontece aqui!

  14. Junior Luz says:

    13 anos no poder e não reformulou esta forma nociva ,vergonhosa e imoral de se “fabricar” desembargadores e ministros dos tribunais superiores no Brasil….
    Que ” Esquerda” de merda,bandida e viciada , esta do Brasil,viu?
    E ainda tem otários novos e velhos, que defendem esse bando de ladrões apodrecidos, desqualificados e traidores do Brasil…
    P.Q.Pariu!!!

    • Renato Morais says:

      Junior Luiz, existe uma norma na constituição que diz que os três Poderes existentes no Brasil são independentes, o que significa que o executivo, no caso a presidência não pode se intrometer em assuntos do Judiciário, só quem pode modificar isso é o próprio judiciário.

    • Junior Luz says:

      Renato Morais, o executivo poderia , através de projeto de lei decente, digno, democrático, legititimo e cidadão ,levar modificações da forma de se escolher juízes de suprema corte no Brasil.
      A forma legislativa no Brasil, de se escolher juízes dos tribunais superiores, está imoral e desacreditada. está falida… Esta realidade imoral, podre e repulsiva, pode sim, ser mudada pelos próprios brasileiros. Avise isso a seu partido,meu camarada. …
      Procure pesquisar e estudar a constituição do Brasil,meu camarada. Eu e você , queremos o bem do Brasil, pelo menos é isso que eu acredito.
      Brasil, sempre Brasil acima de tudo!!!

  15. Mauricio Marinho says:

    São chamados “fidalgos”. Ainda corre, em nosso sangue, as marcas de nossa história, momento em que legiões de cretinos eram agraciados com as tais “NOMEAÇÕES” sem passarem pelo crivo do devido concurso

  16. Nélio Oliveira Barreto says:

    DEVOLUÇÃO EM DOBRO DOS VALORES INDEVIDAMENTE RECEBIDOS, DESVIADOS (ROUBADOS) E OS RIGORES DA JUSTIÇA REALMENTE. SALÁRIO MINIMO PARA VEREADORES E PISO SALARIAL DO PROFESSORES PARA OS DEPUTADOS ESTADUAIS FIM DE TODOS PRIVILÉGIOS.
    PRISÃO EXEMPLAR PARA TODOS CORRUPTOS (PMDB, PT, PSDB, PP, PV, DEM…….) E CORRUPTORES. RESTITUIÇÃO EM DOBRO DOS VALORES DESVIADOS/ROUBADOS.CHEGAR. TEMOS A OBRIGAÇÃO DE PARA COM ESTA INDECÊNCIA. ACABAR COM ESTÁ POUCA VERGONHA. REFORMA EM TODOS OS PODERES (Executivo, Legislativo e Judiciário). ACABAR COM ESTES GASTOS IMORAIS. $UPER$ALÁRIOS IMORAIS A OPORTUNIDADE É ESTÁ PARA A POPULAÇÃO MURDA ESTE QUADRO ABSURDO. CHEGAR TEMOS QUE POR FIM A ESTÁS FARRAS COM NOSSO DINHEIRO. BASTA. JUSTIÇA REALMENTE, MORAILIDADE E ÉTICA. ACABAR COM TODOS PRIVILEGIOS. REDUÇÃO 80% DOS $UPER $ALARIOS E ACABAR COM BENEFÍCIOS IMORAIS EM TODOS OS PODERES (Legislativo, Judiciário e Executivo) NA ESFERA FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL. SALARIOS JUSTOS (MENORES) E MORAIS EM TODOS PODERES. BASTA DE CORRUPÇÃO.TEMOS QUE MUDAR ESTÁ LÓGICA PERVESA. TEMOS QUE TODOS NÓS UNIMOS REPUDIAR ESTE ABSURDO. PENAS MAIS RIGOROSAS PARA ESTES CORRUPTOS/ASSASINOS DA: SAÚDE, EDUCAÇÃO, SEGURANÇA,……… DE TODOS NÓS.
    Conscientizar/Esclarecer a População que é ela que PAGAR/MANTÉM este sistema Absurdo/Hipócrita. Uma “Vida” medíocre (salário mínimo vergonhoso, alto custo de vida, péssimos sistemas de educação, saúde, segurança…) para maioria da População.
    Enquanto isto para uma minoria privilegiada uma vida de Luxo (Super- salários, benefícios imorais, “penduricalhos”, modormias, cartões corporativos, carros, motoristas, auxilio moradia, aposentadorias privilegiadas, foro privilegiado…) financiada por NÓS População

  17. Joseval Rodrigues Moreira says:

    Uma pena que no Rio, a eleição para escolha da lista sêxtupla seja feita indiretamente somente por Conselheiros da Ordem! Aqui no DF, pelo menos nesse quesito, é mais democrático, pois todo advogado inscrito, e em dia com a anuidade, tem direito de votar e ser votado!
    Agora virou moda conseguir aprovação por atalhos constitucionais!
    A propósito, já passou da hora de ser regulamentada essas indicações! Que tal aprovar uma Lei instituindo o concurso público de provas e títulos, com a participação do Tribunal (invertendo o comando constitucional), concorrendo todo advogado ficha limpa e com mais de 10 anos de inscrição na Ordem?!
    Aí sim, saberíamos quem tem de fato e de direito notável saber jurídico, sem o compadrio, pedidos indecorosos, saia justa, sem parentes “importantes” e ajudinha de político investigado e com poder de influência!

    • Laíra Ieda da Rocha says:

      Querido, você tem razão, em toda parte e assim, no Rio não pode ser diferente. Acho que essas vagas nem deviam existir, deviam ser privativas de juízes de carreira. Mas isso não deve ter sido assim, estão certamente distorcendo a estoria para tentar desmoralizar o Ministro. Ou você acredita que o Luis Fux ( que sempre foi considetado um
      homem sério e competente) teria poder para arrecadar votos de todos esses advogados e desembargadores.Ia prometer a eles o que?

  18. Thiago de Araujo says:

    Judiciário ta virando um feudo da própria cúpula. Uma desembargadora, c apenas 35 anos, que nem o mínimo de 10 anos de exercício da adv conseguiu provar, porém por ser filha de um Min do STF, num instante conseguiu obter todos os requisitos p alcançar o mais alto posto do Judiciário Estadual! Tem juízes q passam 20, 30 anos p poder ingressar na 2 instância, veja q diferença de percurso, hein… Dessa forma, seria bom rever esse instituto do “quinto constitucional” , pois o objetivo de colocar os mais qualificados nos TJs não ta mais vingando!

  19. Reginaldo Antonio says:

    É os que realmente estão capacitado para tal função. Se tivessem o mínimo de moral ética não se sujeitaria a tal manobra. Ela vai ficar marcada por não ter com penteia mérito. E o pai por ter que se humilhar e vender a alma para o PT e ficar com o rabo preso é deprimente.

  20. Laíra Ieda da Rocha says:

    Cláudia, você pode provar o que disse sobre o ministro. Pois Luiz Fux sempre foi considera o um juiz sério e muito preparado, ele é juiz de carreira, é muito difícil que tenha se sujado por um cargo para a filha, depois porque tantos advogados e desembargadores iriam obedecer o pedido dele.

  21. Luiz Parussolo says:

    Segundo os desembargadores que votaram ela é diferenciada, fala e escreve em hebraico.
    Dois votos a favor de Dilma e o PT,. Marco Aurélio de Melo e Luiz Fux.
    Como disse Olavo de Carvalho, o Brasil é um puteiro.

  22. Fausto Cortes Jr says:

    Ê um país de bostas mesmo. Esta menina não tem formação de vida, conceito consolidado, conhecimento técnico, prática jurídica para ter o poder de arbitrar questões relevantes para pessoas e para o país.

  23. João Roberto Cupulille says:

    Não temos que aceitar isso. Nem corrupção, nem todas estas sacanagens. Vamos questionar e reivindicar mesmo. Não temos uma democracia de fato e de direito ainda, calçada no mérito, na justiça social e na dignidade humana.
    Lamentável, imoral e vergonhoso. QUAL o exemplo que se está dando com isto?
    Qual o mérito?

  24. Flavio Braz says:

    Retrato cuspido e escarrado de um país de funcionário público vivendo às custas de quem trabalha, a decência,a ética,a responsabilidade social,cidadania, nada importa,somente o retorno financeiro imediato em detrimento de uma sociedade mais eficaz.

  25. Thiago Mendes says:

    A nomeação para Desembargador de Tribunal de Justiça é feita por governador, não pelo presidente. Nesse caso, a crítica deve ser dirigida ao governador do Rio de Janeiro. O ódio é tão grande que botam culpa na Dilma de tudo, até do que não tem nada a ver com ela

  26. Nilda Camargo says:

    É meu o entendimento que o Brasil precisa se passado a limpo e com uma certa urgência! Não sem antes todos os podres e vícios virem a público! Saturno sacudindo a roseira do Brasil, ou toma jeito ou será tomado! Quem viver, verá!

  27. Isabela Rosa says:

    Bando de.posta idiotas, invejosos que adorariam estar roubando que nem estes petralhas. Lugar de ladrão seja de que partido for é cadeia e está menina não tem cacife e nem.indicação para ser nomeada desembargadora. Vergonha de ser brasileira

  28. Jairo Ferreira says:

    E se vc perguntar a ela sobre o assunto em pauta, qual é a opinião dela, ela vai dizer: “Lógico que é “Fora Dilma, pois sou a favor da moralização!!!””. Vou dizer uma coisa: Tem jeito não.