"Ele não pode me prender. Eu sou desembargador, ele 'tá' preso": vídeo expõe a arrogante justiça de um guardião da lei

[show_fb_likes]
RADAR BRASIL
‘Eu sou o poder judiciário; vocês, seus favelados, um lixo a mais, um a menos’.  A virtuosa fala do cidadão de bem Luís César de Paula Espíndola, desembargador do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ), coroou o tumulto protagonizado pelo guardião da lei no último dia 18: primeiro, Espíndola tentou jogar entulho ilegalmente em um terreno baldio da periferia de Curitiba. Diante do protesto dos moradores, o desembargador deu um soco no rosto de uma mulher.  Ao ver a agressão, um policial civil, residente em frente ao terreno, sacou uma arma e deu voz de prisão ao desembargador – que, ato contínuo, sacou a carteira do TJ e deu voz de prisão ao próprio policial.
A ópera bufa foi encerrada com um pedido de licença do desembargador durante 20 dias, por “motivo de saúde na família”.  Faltou dizer se trata-se de licença (bem) remunerada, conforme a lei costuma recompensar magistrados afastados de suas funções.
Conheça “Um País Sem Excelências e Mordomias”
Do ParanáPortal:

Desembargador joga entulho em terreno e dá voz de prisão a policial

O desembargador Luís César de Paula Espíndola, do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ), tirou licença do cargo nessa quarta-feira (18) após uma confusão entre ele e moradores da Vila Domitila, entre o bairros Cabral e Ahú, em Curitiba, no último sábado. Por telefone, a assessoria de gabinete informou que a licença por “motivo de saúde na família”  é válida por 20 dias.
O magistrado é acusado por moradores da região de ter agredido a dona de casa Ana Paula Bergmann, 43 anos, que reclamava do despejo de entulho em um terreno. Ao ver a agressão, o policial civil afastado Antonio Carlos Poleira sacou uma arma e deu voz de prisão ao desembargador.
Ana Paula afirma que o desembargador ignorou a revolta dos moradores. “Passou aquela caminhonete estranha aqui, com um caminhão de lixo. Eu vi aquilo e estranhei. Ele ia jogar o lixo na frente da casa do policial, um pouco pra frente da minha. O policial disse que ele não podia jogar lixo ali e ele (desembargador) disse ‘eu jogo onde eu quiser’. O vizinho me pediu pra filmar pra ele chamar o meio ambiente. Daí ele veio e me deu um murro. Quando eu estava no chão o assessor dele me puxou e deslocou meu dedinho”, conta.
“‘O senhor está preso’, ele dizia. ‘Eu sou o poder judiciário; vocês, seus favelados, um lixo a mais um a menos’. A gente se sente ameaçado pelo poder judiciário”, relata a moradora.
Confira os vídeos na íntegra: http://paranaportal.uol.com.br/policial/desembargador-joga-entulho-em-terreno-e-da-voz-de-prisao-a-policial/

Ana Paula fez exame de corpo de delito no IML
Ana Paula fez exame de corpo de delito no IML
 
 
 
 
 
 
O advogado Heitor Fabreti Amante, que representa o policial, afirma que a reação de Polera foi imediata ao ver a mulher agredida. “O desembargador – que nessa hora ninguém sabia que era desembargador – deu um soco no rosto da mulher que ela rolou no mato. O marido dela pediu pro filho buscar uma pochete que tinha uma arma. Ele sacou a arma e deu voz de prisão ao desembargador. Aí ele (Espíndola) tirou uma carteira com uma identificação do TJ e disse que o marido dela estava preso”, conta.
Poleira teria pego a chave da caminhonete do desembargador para impedir que ele saísse dele do local. Com a chegada da PM, Espíndola exigiu que o policial civil fosse preso. A PM, então, acionou o Centro de Operações Policiais Especiais da Polícia Civil para encaminhar Antonio Carlos à delegacia. Segundo o advogado, a arma dele é numerada e estava regular. “Arma numerada, regular, com carga para ele”, diz.
Segundo o advogado, o desembargador e um assessor foram à delegacia no próprio carro e o policial foi levado de viatura. “O desembargador foi pelo carro dele. Na delegacia, cheguei logo depois, o desembargador queria que o delegado prendesse o policial por desacato. Depois ficou dizendo que ‘esse delegadinho de bosta vai me criar problema’; xingou todo mundo de lixo, tentou agredir outras pessoas”, afirma o advogado.
Em um dos vídeos, o desembargador disse que ligou para a Central 156 da Prefeitura de Curitiba solicitando serviço de recolhimento de entulho. Em nota, a prefeitura informou que o Espíndola tem cadastro na Central 156, mas não consta nenhuma chamada recente com os três números de telefone que estão no cadastro. “A orientação para quem precisa fazer o descarte de mais de três carrinhos de resíduos vegetais é que procure uma empresa credenciada pela Prefeitura de Curitiba para a correta destinação dos resíduos,  sendo que o custo é pago pelo responsável pelo entulho. Outra opção é procurar uma das estações de sustentabilidade tipo 2, que recebem resíduos vegetais”, diz em nota.
O delegado Hormínio de Paula Lima Neto, titular do 5º Distrito Policial, no bairro Bacacheri, instaurou inquérito para apurar o caso. Ninguém foi preso.
Por telefone, a assessoria de gabinete do desembargador não quis passar contato para entrevista e apenas informou que ele estava em licença por 20 dias.
22 de Maio de 2016

1.581 thoughts on “"Ele não pode me prender. Eu sou desembargador, ele 'tá' preso": vídeo expõe a arrogante justiça de um guardião da lei

  1. Joziane Souza says:

    Tem muita gente boa e honesta em todas as áreas, porém são engolidas por servidores como esse desembargador.
    O povo está nas ruas, e agora, das ruas o povo não sai mais.
    Só assim para conseguirmos garantir nossos direitos e que servidores públicos entendão que estão lá para servir ao povo, e não a interesses pessoais que, para isso, chegam a infringir as leis.
    Vai vendo.

  2. Brvno Saraiva says:

    Juiz, Advogado, Médico e Deputado pensa que é Deus! Ninguém está acima da lei! Que nojo dessa classe média protofascista metida a elitista!
    Que nojo! Nem o bilionário Marcelo Odebrecht está acima da lei! Está preso! Felizmente esse juiz porco foi preso por jogar lixo em local impróprio! Este é o Brasil que queremos! Justo!

  3. Vinicius Vallim says:

    É um absurdo a ignorância de alguns membros de setores constituidos de nosso Brasil, ainda acham aue são os donos, enquanto deveriam “lutar” para defender o direito de todos perante a lei…”erga homnis”. Que saibam, a cadeia também é para todos…inclusive pra desembargadores malandros, corruptos, acharcadores. E olha que o juiz Sergio Moro é do Paraná. ….

  4. Célia Arcanjo Ferreira says:

    São os ditos cidadãos de bem, são esses q sangram o erário público com auxílios Moradia, paletó, combustível e por aí vai, esses mesmos q saíram gritando fora DILMA !!! Como queria q a justiça no Brasil fosse igual pra todos. É a velha historia : Você sabe com quem tá falando ? Mas quem vc pensa quem é ? Isso funciona nos EUA.

  5. Nélio Jaider Lage says:

    Um representante da lei jamais poderia fazer o que fez: em primeiro lugar jogar lixo onde bem entender; em segundo, agredir uma mulher; em terceiro se achar superior aos outros! É preciso ser punido, sim e pagar pelos seus atos! Como disse o Claudinei no comentário acima, o país está um mar de lama!

  6. Carlos Ferreira da Silva says:

    O homem da “justiça”. Falando em “justiça” será onde está o Demostenes Torres que protagonizou o caso Carlinhos Cachoeira? Continua recebendo salários e todos os previlégios e regalias “legais” que todo juíz e promotor recebem, ou foi aposentado compulsoriamente (forma de punir magistrados)? Brincadeira….. BUNDAS VAGAS!

  7. Antonio Ramos says:

    Isso é totalmente inaceitável, pois, intimidar e esculachar um cidadão de bem em função da profissão está errado. Ele pode ser desembarcador, mas ali ele não estava no tribunal, portanto, tem que respeitar e aceitar que estava errado.

  8. Fernando Teixeira says:

    Enquanto não acabar com foro privilegiado será assim. Desembargadores são funcionários públicos, a serviço da sociedade. Ao cometer crime comum, deveria ser tratado como tal. Brasil, nunca chegará a ser uma Suécia.

  9. Marcelo Freitas says:

    Se esse desembargador continuar assim, vai chegar uma hora que alguém vai dar um capote nele com sua carteira, aí o Campo Santo o abrigará na nossa “FAVELA” comum, onde gozará das honras de um desembargador idiota e imprudente.

  10. Fabricio Soler says:

    Deveriam ter prendido esse sujeito com base na Lei de Crimes Ambientais, a saber: Art. 54. Causar poluição de qualquer natureza em níveis tais que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou a destruição significativa da flora:
    § 2º Se o crime:
    V – ocorrer por lançamento de resíduos sólidos, líquidos ou gasosos, ou detritos, óleos ou substâncias oleosas, em desacordo com as exigências estabelecidas em leis ou regulamentos:
    Pena – reclusão, de um a cinco anos.

  11. Jobert William Ney Jorge Leite says:

    Essa merda merece e um tiro no meio da cara para deixar de ser folgado, esse desembargador de merda deu sorte com esse policial pois no dia que ele fizer essa palhaçada com um policial que liga o fodas ai teremos uma outra notícia. não gosto desses folgados desses tribunais não dou ne ideia para esses pregos.

  12. Nilson Gomes says:

    Infelizmente grande parte do Judiciário pensa e age assim e quando são punidos kkkk recebem aposentadoria com proventos e mordomias, enquanto todas as demais classes de trabalhadores são demitidos sem direito a nada. Viva a pseudo democracia judiciária.

  13. Álvaro Patrício Pinheiro says:

    Vamos ver no que isso vai dar, se pegar pro desembargador, será simples, a justiça apenas pede pra ele se aposentar, então ficará recebendo um dos maiores salários do país. Já o policial, mais fácil ser demitido e ser ferrado por toda vida. Esse é o Brasil do art 5 da C.F, que diz que ” todos são iguais perante a lei” será? Aí está uma demonstração que não somos iguais.

  14. Nádia Olenski Braun says:

    Desembargador arrogante e desconhecedor das leis! A lei é para todos e ele deve ser o primeiro a seguir, já que é a mão do Estado na hora de punir quem a desobedece. Espero que o TJ do Paraná abra processo ético contra esse Senhor prepotente. E o puna !

  15. Maria Do Socorro Soares says:

    Eu sou do tempo que a justiça era respeitada, ninguem xingava um Juiz. Hoje todo mundo xinga. Pq? Eles sao hoje na sua grande maioria corruptos, desonesto e tem lado politico. Isso eh uma vergonha. Vou dizer o que a os meus netos.

  16. Luiz Parussolo says:

    A ex Ministra Eliana Calmon há uns três anos, Corregedora {a época do Conselho Nacional de Justiça, diante o que presenciou como Corregedora veio a público para informar que o Judiciário está cheio de bandidos de toga e à época os piores tribunais pertenciam aos estados do Paraná e do Maranhão. Quase foi escapelada e aposentou-se. O anterior a ela, Gilson Dipp, alertou sobre a corrupção e a bandalheira no Tribunal de Justiça de São Paulo onde até servidores que tinham deixado o país continuavam recebendo, entre outros. Também, isto em 2010, denunciou sobre o orçamento do tribunal de Brasília, R$ 1,08 bilhões, sendo que 98% cobriam despesas de pessoal e os juízes titulares viviam no exterior e juízes substitutos que ocupavam as funções (Brasília é a jerusalém celeste de Newton e para descer aquilo milhões de cafeicultores quase morreram de fome à época onde o custo dava para construir umas dez. E descida o diabo deve ter assumido a administração). Só que o CNJ é a casa dos juízes e reclamações e denúncias contra eles de cidadãos contra os endeusados da toga e serventuários nem adianta. Eu mesmo denunciei que estou até hoje sendo depenado por esse pessoalzinho pequeno, mas deuses, e o último a Desembargadora/Corregedora Nancy Andrighi arquivou alegando que o CNJ defende os juízes enquanto no portal de transparência do STJ que é a casa dos cidadãos da grande elite e da classe média alta, do poder público e do poder econômico, mostrava que em novembro/2014 teve remuneração bruta de R$ 673 mil. A farra de dinheiro nos poderes, no MP e órgãos em geral e nas procuradorias é coisa de abismar, isto nas esferas federal, estadual e municipal O Paraná abril seu autoritarismo a partir de ter ganhado ascensão federal. O próprio governador atual, o novo ministro da saúde, juízes etc..Dos dois lados estamos dominados, PT e PSDB com o suporte de PMDB e DEM e o judiciário foi definitivamente dominado em suas lideranças, como estudos demonstraram e a expropriação de direitos até por juizinhos de fundão de estado, estes inabilitado até como pessoas mostrando serem adolescentes sem evolução e emancipação mental e psicológica e o nível dos integrantes do MP acompanha mostrando o sistema de concurso decoreba e suspeitas expostas de corrupções pelas dinastias familiares magistrados e o percentual de serventuários sem concursos e neste caso um projeto de lei de um deputado do estado do Acre, como sempre repassado a estados onde ações imorais e vadias atingem menos a reputação de parlamentares e não atingem candidaturas posteriores, propõe a efetivação de todos os serventuários não concursados como servidores públicos e com o PT fizeram o que bem entenderam e agora o Presidente assumido faz parte das organizações e sempre foi o representante dos agentes do direito. Por outro lado a balbúrdia que foi tornado o Congresso onde o deputado afastado Henrique Cunha, bandoleiro e psicopata veio mostrar junto com seus cúmplices o que vinha sendo escondido por baixo de encerados no meio político onde faz e desfaz e a rés pública está praticamente rés privada e seus comparsas violentos, corruptos e até alguém com tentativa de homicídio entre corrupções familiares diversas foi indicado por Temer para líder político no Congresso cuja amostra indica que estão a fim de impor a força inclusive o julgamento do impeachment sendo protagonistas as bancadas dos chamados BBB e o grau 33 da Maçonaria com Temer, FHC, Serra, Aécio, Alckmin e Gilmar Mendes na liderança exposta. O Brasil, de um lado ou de outro, está a deriva junto com sua população comum.

    • Órion Costa says:

      Sim, tem algo de muito podre entre os “deuses” do Olimpo… uma sociedade que não pode confiar nos seus representantes do judiciário não pode ter certeza do seu futuro. É uma sociedade medíocre culturalmente e pobre evolutivamente. País pobre é país sem educação de qualidade. Abraço.

  17. Marcio Cruz Salvaterra Marajó says:

    Patético, simplesmente! Quem deveria dar o exemplo, é o primeiro a infringir a lei. Por isso, o nosso país desce ladeira abaixo a cada dia que se passa. Se todos somos iguais perante a lei; se todos somos responsáveis por nossos atos ao infringi-la, então? Tomara não sobre para o PM (o que eu acho muito difícil). A mesma lei que se aplica ao carroceiro e a qualquer outro cidadão comum, e a mesma que se aplica aos demais cidadãos. É a lei, entenderam bem?

  18. Marcio Garcia says:

    Vendo o vídeo na íntegra, não vi nada de mais, apenas um magistrado calmo e uma senhora falando bobagens. Se ocorreu agressão o vídeo não mostra e na foto da senhora não há hematoma no rosto sinalizando agressão.

  19. Nil Maraes says:

    Tribunais de Justiça estão cheios desses personagens. Muitos são FIDALGOS, descendentes de outros magistrados cuja prole se perpetua nos tribunais através do jeitinho brasileiro.

    • Rafael Bispo Rodrigues says:

      Esses casos são normais, infelizmente. Muitos não são nem notificados. Esses magistrados possuem complexo de Deus , se acham acima da lei, pois os mesmos julgam. Pode ver que a corrupção começa de cima pra baixo, vergonhoso demais.

  20. Antonio Everton Souza says:

    Eu escrevi um artigo ha muito tempo que dizia: Quem investiga essa gente que investiga a gente. Acho que ja passou da hora de colocar esses “servidores públicos” no seus devidos lugares. O povo não pode ficar submisso a esse tipo de autoridade, que serve justamente para julgar os outros.

  21. Luiz Parussolo says:

    Numa matéria do Professor Luiz Flávio Gomes onde mostra um processo que tramitou até ao STF de um pobre e ignorante que fez um pingente com uma bala de revólver e o juiz imputou pena de 3 anos pelo uso da bala no pescoço. O tribunal de 2ª instância reformou absolvendo, a promotoria recorreu ao STJ que voltou a manter a decisão do juiz ordinário e chegou ao STF onde foi reformada a decisão e absolvido o pobre diabo. Assim não dá, o país é uma colônia de entes sem evolução e a partir de 1985 vem regredindo a olhos vistos para sua origem de ocupação ocorrida em 1531. A mídia. sensacionalista, biscateira, versão casa de licenciosidade com jornalista como suas meretrizes alcoviteiras e devassas Na educação, escolas e universidades como sempre plantando ideologias fascistas de direita e esquerda e deformando progressivamente crianças, adolescentes, jovens e adultos. E o conhecimento com o trabalho e o experimento juntamente com pesquisas, criações e invenções desapareceram onde até agulhas e chave de fenda importamos ou estrangeiro produz em nosso lugar internamente (sociedade construída com as liderança do PSDB e do PT onde o governo FHC edificou e o PT vem aperfeiçoando. Escrevi sobre o processo do pingente de bala de revólver sem adentrar às normas penais visto o assoberbado Professor LFG com sua magistral capacidade jurídica esgotou e não sobrou espaço para medíocre como eu próprio: .O STJ parece tornado o tribunal como atalho perigoso e deveria ser mesmo eliminado pela contaminação construída através dos tempos impossível de removê-la.
    A vida é simples e enriquecida pelo trabalho no experimento acredito e um povo que erradica o experimento e elege o pensamento propriedade exclusiva dos cognitivos a priori delegando sua propriedade a eruditos, talentosos e até a especuladores enriquecidos como fontes de sabedoria inata acaba alienado e imbecilizado como o Brasil.
    O país conseguiu legalizar através de legisladores derivados do congresso e por sentenças, decisões colegiadas e jurisprudências o crime corriqueiros das elites e da classe média alta e celebrizar desde os grandes traficantes e contrabandistas até ladrões de galinhas e a estupidez inocente e subdesenvolvida como neste caso que não deveria ser apresentada denúncia pela promotoria.
    Estamos submetidos a alienação quase absoluta e tenho certeza que 80% das ações em trâmite através de mediadores e árbitros leigos da vida exteriorizada e do experimento concreto seriam resolvidos com muito maior eficiência, justeza, economia, bom-senso e sem acréscimo ou decréscimos no fato e nos agentes e pacientes devido ao conhecimento fático concreto e real e todos os costumes sociais do meio em que são gerados e a valoração no experimento concreto e ideal, longe da melosidade, da empolgação, ]do orgulho pessoal e corporativo e da alienação erudita mastigada e não digerida abstrata.
    O país foi transformado em um caos desgovernado com total exclusão e desapreço com vulgarização do maior atributo construtor de uma nação o verdadeiro trabalho no experimento e na tradição. Daí um país medonho e escasso perdido na altivez vazia, alienada e insensata, devoradora de sua própria carne e seus cadáveres.

    • Isaac Tamai says:

      Bom dia Luiz li o seu texto ,realmente muito esclarecedor eu também acredito nisto a sociedade brasileira regrediu moralmente e juridicamente ainda vivemos na idade média aliás eu tenho certeza de que vivemos numa espécie de feudalismo tupiniquim e somos um país fechado como a Rússia ,uma elite empresarial podre,judiciário partidário e ditatorial ,funcionários públicos péssimos e governantes que se comportam como déspotas e tiranos,infelizmente não saímos das trevas medievais,enfim somos uma República bolivariana petista ,e o próximo governante terá muito trabalho para tirar o povo brasileiro destas trevas em que estamos mergulhados .

  22. Walter Paron says:

    Retrato de um país ainda subdesenvolvido graças a uma elite que, acompanhada de uma classe média e alguns remediados ignorantes, que perpetuam esse estado de coisas, LAMENTÁVEL!

  23. Claudio Eggres says:

    quando a lçei nao e cumprida pelos dirigentes, juizes, politocos, entao estamos vivendo uma ditarua, e esta ficando por demais clara a ditarura do judiciario, eles so usam a lei contra nos, e eles pode fazer o que querem, ate quem tenta oberigar a obedecer a lei e condenado a pagar indenizaçoa, como o caso do juiz com uma multa de transito, lembram disso?

  24. Valdenir Rodrigues says:

    Enquanto elementos desse nipe estiverem representando a população, ela sofrerá às próprias escolhas. A verdade é que a maioria da população tem o mesmo comportamento desse indivíduo. #TristeRealidade #chateado #meioambiente #chegadecorruptos #Educação #LuisCesarDePaulaEspindola

  25. Mara Lucia Miron says:

    A lei tem que ser igual pra todos se esses judiciários não obedecem ás leis e regras têm que irem presis sim!!!!Agora estamos de olho viva a midia os faces os zaps. Lei é para todos!!!! Criam vergonha na cara!

  26. Wellington Farias de oliveira says:

    E o Brasil que nos vivemos mais temos que mudar isto não a adianta criar leis que protege isto é a aquilo tem que obrigá os que se julgam superiores porque ocupa posições no executivo no legislativo e no judiciário nada nem ninguém está acima da lei.

  27. Reginaldo Antonio says:

    Esse desembargador deveria estar na cadeia se tivesse alguem com culcões no judiciario. É o tipo de cara que se considera acima da lei porque é desembargadora quis dar uma carteiradá e se fodeu babacá esse tipo de gente deveria ser responsabilizado em dobro pelo cargo que ocupa. Jogar lixo no quintal dos outros e se fosse na casa dele?

  28. Fernando Rodrigues says:

    Tenho nojo dessa gentinha que, porque conseguiu um cargo na vida, sente-se um semideus na Terra. Qualquer um que tenha força de vontade e estude pode conseguir passar em um concurso. Mas isto nunca fará dessa pessoa um ser mais especial que outro. Todos cumprem um papel neste sistema. Ser nojento que se coloca acima de outros por causa do seu status social. Quando estiver sobre uma cama a beira da morte vamos ver……

  29. Bruna Viana says:

    Sai fora seu desembargador vai chupa o pau do Lulixo de nove dedos e aproveita leva esse Anta Terrorista Rousseff de sobrimeza pra voce Luis Cesar de Paula Espindola voce e um cance que existe nessa face da terra voce nao representa o nosso Brasil pega esse seu diploma de merda e jogo na privada e dar descarga seu pau no Cu…

  30. João Neto says:

    Tempos medievais!
    Se assemelha a esta famosa frase do Rei Luiz XIV da França no século XVII:
    “Eu sou o Estado.”
    Infelizmente o retrocesso das instituições brasileiras estão igual às bonecas russas, um retrocesso dentro do outro. É horripilante!!

  31. Maria Fernanda Lima says:

    Se tudo isso pode ser provado, o desembargador deve ser processado. Ainda que nosso país seja corrupto e atrasado, não podemos nos conformar com essas situações. Em algum momento vamos encontrar pessoas dispostas a mudar.

  32. Vanilson Pereira says:

    Precisa com urgencia rever o poder judiciario brasileiro alem de incompetente se achan semideuses. Nao dao prosseguimento aos processos dos pokiticos em coluio para cinseguirem o que querem direitos titalmente diferenciados de todos os outros funcionarios publico. BASTA vamos protestar eles querendo e conseguindo intimidar a sociedade

  33. Edevaldo Izidoro says:

    NAO E DIFERENTE EM BOA PARTE DESSE BRBASIL VELHO… QUEM NAO LEMBRA DO DILERMANO, HJ DESEMBARGADOR NO RN, HUMILHOU UM GARCON EM UMA PADARIA… NAO DEU EM NADA!!! REPORTAGENS PARA O FANTASTICO!!!!

  34. Anderson A Gomides says:

    Baixaria correndo solta, desrespeito à cidade, abuso de poder, agressão! Faltando humanidade, espiritualidade eficiente, ñ hipócrita…

  35. Lucas FF D. Silva says:

    Esses tipos de pessoas só existem por que deixamos que exista. São praticamente intocaveis. Ele se acha melhor que a gente? HAHAHAHAHA, Ou nós mostramos quem manda, ou eles farão de nós uma nação escrava.
    Digo isso não no sentido socialista, mas sim da igualdade humana. ele é igual a todos os Brasileiros a diferença esta no caráter. O PT entrou e disse que iria acabar com a desigualdade, o que fez? aumentou drasticamente. Eles riem quando esse tipo de situação acontece.

    • Gustavo Motta says:

      Exatamente isso, Lucas! O PT incentiva essa desigualdade! O partido Comunista da URSS, com a Constituição cidadã e Stalin, era quem mais falava em Democracia e Direitos dos Trabalhadores! Fusilou 14 milhoes de homens e mulheres por ideias contra-revolucionária!

  36. Carlos Roberto says:

    Este tipo de carteirada tem que ser coibida com prisão , leve o tempo que levar , precisamos mostrar a todos que gostam de fazer uso do poder para coagir , que bandido também estuda , se forma , envelhece e continua bandido , pois isto e questão de ensinamento e postura diante da vida .

  37. Mair Pianaro says:

    Patético. A “otoridade” não podia pagar por uma caçamba? E é gente desse tipo que está ganhando 60 mil por mês pago com dinheiro público…pra tratar quem paga seu subsídio como lixo. Brasil il il!!! E desacato só ocorre no exercício da função…

  38. Jarbas Jarbasluizdacruz says:

    Esse idiota tem que ser punido. Ele não está acima da lei. Afinal de.conta quem paga o salário dele é o povo. É nos pedimos sua punição. Como exemplo para todos os manés que se acham acima da lei e do povo.ouviu desembargador.vc errou euito aprende a respeitar as pessoas antes que elas demonstre o mesmo desrespeito com vossa excelência. Há vc não é excelência pois uma autoridade excelente não faz oque vc fez.ve se acorda mané.

  39. Maia Filho says:

    Estão transformando o Brasil em casta, pois daqui em diante nenhum pobre vai poder estudar visto que o atual ministro da educação disse que vai privatizar o ensino superior.

  40. Edson Cunha says:

    Então, você lê e elogia a iniciativa de jovens, postado pelo colega Janderson Marcelo Canhada, orgulhoso pelo trabalho a ser realizado pela filha e as bestas “otoridades dessa merda (país) fazem isso acima e não haverá punição a esse pessoa. Como melhorar o pais se não começar do zero…

  41. Moises Mendes says:

    Não é a toga que o torna melhor que os demais cidadãos. Prova disso é que foi pego em flagrante delito cometendo um crime ambiental. Aliás, cometeu tres crimes simultaneamente: crime ambiental, agressão à mulher e abuso de autoridade. Vamos nver agora se a lei é para todos.Queremos ver esse déspota covarde punido.

  42. Evandro Gomes Silva says:

    Este “senhor” está brincando com algo muito sério.
    Desembargador é um cargo importante, mas não o transforma em um deus, e a Justiça é um dos principais pilares de uma nação. As pessoas esperam bons exemplos de pessoas com altos cargos, principalmente quando se trata dos aplicadores da Lei.
    A partir do momento que nem eles respeitam, todos que fazem isso às escondidas, ou então até têm vontade, mas se seguram, para não ser julgados pelos demais cidadãos por realizar um ato tão vexatório, se sentirão no direito de desrespeita-la.
    Uma atitude desastrosa como essa é apenas contribuir para o caos.
    Chega a ser até contraditório, pois o Paraná, principalmente a própria Curitiba, do Judiciário atuante ali, vem há cerca de um ano com um discurso de ações para melhorar o país. E justamente dela vem uma situação onde um de seus integrantes age com intenção inversa. Espero que o dito-cujo sofra alguma punição grave, sinalizando que o desejo de mudança de comportamento valha para eles também, não apenas para os outros.

  43. Ale X Pocahy says:

    ora, prenda-se em flagrante o agressor da sra., apresente na área judiciária comunicando a corregedoria do tribunal… quanto a ordem do desembargador de prisão contra o policial, me desculpem, mas foi ele quem foi flagrado cometendo crime, mais de um até, e um criminoso não pode prender um policial…

  44. marco martins says:

    MELHOR MODO DE RESOLVER ESSA ARBITRARIEDADE DESSE DESEMBARGADOR E FAZER UMA RECLAMAÇÃO DELE JUNTO A COR REDORIA DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO PARANA E A COR REDORIA NACIONAL DE JUSTIÇA – CCJ

  45. Edelson Medeiros says:

    Pode ter certeza de uma coisa, não vai acontecer absolutamente nada com esse imbecil, que se acha assima da lei , grande porcaria ele é, não passa de um babaca, um otário amostrado metido e criminoso.

  46. Helio Coutinho says:

    Todos são iguais perante a lei diz nossa Constituição: quando veremos este artigo ser cumprido. Não é o primeiro caso. Não será a nossa última vergonha em vermos autoridades desse tipo. Como diria Luiz Gonzaga: tegi preso!

  47. Plinio Souza Júnior says:

    Mais uma vez , temos a prova de que o JUDICIÁRIO , do Brasil , com rara exceção , é composto dos piores membros , hipócritas , sem ética , a prova está neste ato , do Sr. Luís César de Paula Espíndola ,que como desembargador deveria dar exemplos , mas infelizmente , age como um verdadeiro BANDIDO .

  48. José Alexandre Ribeiro says:

    Deus abençoe todas as pessoas envolvidas.
    Espero que sirva de lição para o desembargador ,pois mesmos as pessoas mais humildes hoje tem instrução e noção do absurdo do descarte de lixo em local público e ainda pior em terreno particular.
    Espero que este homem do poder judiciário coloque a mão na cabeça e se desculpe com todos envolvidos neste conflito.

  49. Carlos Alberto Figueiredo Viana says:

    Trata-se de um vira lata sem origem, que acredita que carteiras funcionais, lhes confere autoridade é típico deste aterro sanitário com hino nacional ” Severo com os humildes, vassalo com poderosos” vira latas não deixam de selo por tomarem banho com agua mineral DNA não se altera com status funcional muito menos com patrimônio.

  50. Joao Meireles says:

    Eu dava uma porrada bem no nariz dele.
    O crime é o mesmo que bater em qualquer babaca como ele, desembargador ou não.
    Crime de menor poder ofensivo art 129 do código penal – agressão.
    Uma sexta básica e a porrada ninguém tira.

  51. Edson C. Gomes Santini says:

    Isso é só para se ter uma idéia de como anda nosso judiciário, esse cidadão teria que ser expulso do judiciário, mas é mais fácil ele ser promovido pelo que fez, é uma vergonha o que diria Rui Barbosa, sobre um imbecil desse.

    • Joao Meireles says:

      Não vamos envolver tão honrosa personalidade com essa figura nefasta.
      Tem que ser tratado ao nível dele.
      Uma porra no nariz bem dada.
      Depois de dada a porrada ninguém tira.
      Essa é única linguagem que ele entende esse animal.

  52. Fernandão says:

    Essa droga de Brasil q branda as leis p os Marginais de plantão e um idiota de um desembargador q pensa q éh dono do Mundo, esse pohaaaa merecia um tiro na testa p ver se Ele éh imune a lei ou um tiro nos cornos

  53. julio says:

    Ele deu sorte , se tivesse agredido minha mulher,ele estaria comendo capim pela raiz a essa hora.esses caras pensam que são acima de tudo, ate da morte,vem fela da puta jogar lixo naminha rua pra tu ver.

  54. Luiz Carlos Rodrigues says:

    É preciso deixar claro uma azeitona. no peito dele do lado esquerdo não o salva mesmo sendo o que ele é , apenas mais um ditador de TOGA. Se derrubamos PRESIDENTES DA REPÚBLICA imagine um reles desembargador autoritário.

  55. Ricardo Silva says:

    GOVERNO BRASIL E JUSTIÇA A CORRUPCAO E O DESCASO COM O POVO BRASILEIRO É UMA VERGONHA QUE VIROU PIADA NO MUNDO, SUGEIRA ESCANCARADA QUE OS COXINHAS FILHOS DA PUTA APLAUDEM, QUE MERDA QUE VIROU ESSE PAIS DIVIDIDO ENTRE RICOS DE MERDA ARROGANTES E POBRES E CLASSE MÉDIA QUE NÃO PODE DIZER NADA PORQUE A JUSTIÇA E CORRUPCAO ESCANCARADA VERGONHA BRASIL.

  56. Carlos Dantas says:

    Esta é a justiça e um país onde a elite faz o que bem quer, fico indignado ao ver um fato assim, esse safado teria que ser processado, e passar por um Conselho disciplinar, no mínimo uma advertência, este fato faz lembrar também daquele juiz que estava todo errado dirigindo, foi abordado por uma agente de trânsito, mas quem teve que pagar indenização foi a agente de trânsito, sabem porque? Porque em nosso país esses safados que se entitulam juízes são na verdade uns covardes, porque em outros países onde existem verdadeiramente a lei, isso jamais aconteceria.

    • Alvaro Nunes says:

      Não era policial, mas, sim, agente da operação lei seca, provavelmente terceirizada, coletiva, enfim nem sequer era uma agente da autoridade, sendo certo que estava errada, tanto é que o Poder Judiciário afirmou e confirmou isso, incontáveis vezes. O magistrado também estava errado, mas isso não justifica a forma como essa tal agente da operação lei seca fez a abordagem e se dirigiu a uma autoridade judiciária. O problema todo é que no Rio de Janeiro ninguém sabe o que é, bem como não tem respeito algum pela autoridade constituída.

    • Alvaro Nunes says:

      A questão é complexa e controvertida, enfim, em síntese, envolve conceitos e definições jurídicas, mormente regra basilar do Direito Administrativo, então procure se informar com algum amigo da área jurídica antes de emitir qualquer juízo de valor sobre o incidente em referência que aconteceu no Rio de Janeiro.

  57. Betania Camara says:

    VEJAM!!
    I N D I G N E M S E !!
    Judiciário brasileiro = Poder absolutista, ditatorial, corrupto e POLITIZADO ! É o nosso miro cancro sistêmico.
    Somente aqui neste país vemos “cenas dantescas” como essa acontecerem e achamos “normal”.
    Acorda povo: essa atitude arrogante e desrespeitosa – constitucionalmente e ordinariamente – é amparada por leis viciadas, SAFADAS, que conferem a estes e demais representantes dos três podres poderes, privilégios, garantias e status de “semi deuses”
    Reaja cidadão
    TENHA NOÇÃO !

  58. Sidney Cantarini says:

    Por isso eu sempre comento. Tem que tirar os excessos de beneces do funcionalismo público. Um verme desse se achando o dono do poder. E ainda tira licensa remunerada quando bem entende pra disfarçar sua cagada.

  59. Airton Chimini says:

    Simples assim! Deixava o desembargador detido, e chamava o secretário de segurança pública do estado para efetuar a sua prisão por agressão e abuso de autoridade! Ele não é acima da lei, e acima dele existe o estado.

  60. Vladimilson Reis says:

    Um absurdo que essas coisas ainda aconteçam em nosso país. Até quando os membros do judiciário se colocarão acima da lei e de todos? Já não seria tempo do CNJ agir no sentido de coibir esses abusos de autoridade?

  61. Luis Rodrigo Perez Valenzuela says:

    BRASIL É UMA NAÇÃO JOVEM!!!! ONDE SEUS HABITANTES SE ACHAM ACIMA DE TODAS AS LEIS, QUANDO TEM UM DIPLOMA E AS CONTAS BANCÁRIAS POLPUDAS!!!! MAS EM DETERMINADOS MOMENTOS DE NADA SERVE ISSO….ARROGÂNCIA, SOBERBA, NÃO CONSTROEM CIDADÃOS E NEM NAÇÕES, ELES SÃO O CÂNCER!!!!

  62. Neto Serejo says:

    Problema saia fora da uma d moralista nao ia salvar meu emprego vazava e deixava ele jogar o lixo dele onde ele quizesse infelizmente o Brasil e assim os incomodados q se mudem.

  63. Daysan Medeiros says:

    O judiciário é um poder que não respeita as leis que jurou defender… instituição falida e sem moral… esses casos viraram práticas no Brasil… e o pior… Não existem limites para os mesmos